Líder da Fórmula E, Lucas di Grassi busca título neste domingo

Brasileiro da ABT Schaeffler Audi Sport termina o e-Prix de Londres em quarto lugar, uma posição à frente do rival suíço.

Líder da Fórmula E, Lucas di Grassi busca título neste domingo
(Foto: Audi Sport)

A decisão do título da segunda temporada da história da Fórmula E teve seu primeiro round neste sábado (2) com a primeira prova da rodada dupla no e-Prix de Londres, disputada em circuito montado dentro do Battersea Park. Com classificação disputada em condições adversas - choveu no início da sessão e depois a pista foi secando - a prova foi extremamente disputada e teve a vitória de Nicolas Prost, com Bruno Senna em segundo. 

Fazendo uma corrida cerebral e agressiva ao mesmo tempo, a Lucas di Grassi coube o papel de fazer a marcação sobre o rival Sébastien Buemi. Ambos iniciaram a corrida pelo título separados por apenas um ponto. Depois de segurar o suíço da Renault e.Dams, que fazia várias investidas tentando ultrapassar o brasileiro, o piloto da ABT Schaeffler Audi Sport terminou a prova em quarto - depois de largar em 11º - uma posição à frente do vice-líder da temporada. "Não consegui respirar fundo nem por um segundo, de tanta pressão", exclamou.

"A corrida foi boa dentro do possível. Os carros da e.Dams são muito mais rápidos desde o começo do campeonato, e isso dá para perceber. De qualquer forma, conseguimos tirar leite de pedra aqui em Londres. Fizemos a classificação com pista molhada, onde consegui ser um segundo mais rápido que o Buemi em condições diferentes e adversas", lembrou.

Buemi chegou a estar duas posições atrás de Lucas, mas o conjunto visivelmente superior do suíço o permitiu realizar as ultrapassagens e tentar, de todo modo, ultrapassar o brasileiro, que não cedeu. "Na corrida tive que me segurar para conseguir mantê-lo atrás", disse o líder do campeonato. 

Tentando buscar o oitavo pódio na temporada, Di Grassi passou a investir forte para tentar passar Jean-Eric Vergne pela terceira posição. Quando colocou o carro de lado, o francês da DS Virgin fechou a porta inadvertidamente, quase colocando fim à corrida dos dois. Um susto. "Na disputa com o Vergne ele bateu em mim quando eu o estava ultrapassando e isso quebrou um pedaço da minha asa dianteira, o que acabou prejudicando um pouco o desempenho", descreveu.

Com o quarto lugar, Lucas di Grassi passa a somar 153 pontos contra 150 de Buemi. "Deu para chegar na frente dele e conseguir estes três pontos importantes de vantagem. Agora, a classificação amanhã, novamente, terá papel fundamental nesta disputa e vamos dar o máximo para sair na frente. Vamos usar concentração máxima, encarar a prova do mesmo jeito, sem cometer erros e fazer um trabalho limpo. Já estou orgulhoso da nossa equipe", concluiu o piloto brasileiro.

A classificação que define a ordem do grid de largada da finalíssima da Fórmula E acontece às 8 horas (de Brasília) deste domingo (3). A corrida tem largada ao meio-dia. Ambas as atividades têm transmissão para o Brasil pelo canal Fox Sports2.


e-Prix de Londres, Corrida 1 (Top-5)
1-) Nicolas Prost (Renault e.Dams) - 33 voltas
2-) Bruno Senna (Mahindra) - a 5s244
3-) Jean-Eric Vergne (DS Virgin) - a 8s195
4-) LUCAS DI GRASSI (ABT Schaeffler Audi Sport) - a 8s914
5-) Sébastien Buemi (Renault e.Dams) - a 10s052

Classificação do Campeonato (Top-5):
1-) LUCAS DI GRASSI, 153 pontos;
2-) Sébastien Buemi, 150
3-) Nicolas Prost, 90
4-) Sam Bird, 88
5-) Jerôme D’Ambrosio, 66