Lamborghini estaria desenvolvendo versão GTE do Huracan para o Mundial de Endurance

Marca ligada ao grupo VW, planeja alinhar de forma oficial na classe GTE. Objetivo é voltar a competir nas 24 horas de Le Mans

Lamborghini estaria desenvolvendo versão GTE do Huracan para o Mundial de Endurance
Mais um fabricante investindo no WEC? (Foto: Blancpain)

A Lamborghini poderia estar desenvolvendo uma versão GTE do Huracan. A hipótese foi levantada por jornalistas da edição italiana do site motorsport.com. Presente atualmente em diversos campeonatos GT3, o Lamborghini Huracan é um dos carros preferidos dos fãs por suas linhas agressivas.

Adquirida pelo grupo VW em 1998, desde então é administrada pela Audi. Tanto Huracan, quanto Audi R10 compartilham componentes, entre eles o motor V10. Além da versão GT3, a marca implantou em 2009 o Lamborghini Super Trofeo na Europa, Ásia e Estados Unidos.

Atualmente a gestão esportiva é administrada por Stefano Dominicali, ex-chefe daFerrari na Fórmula 1. Vem dai as especulações de que um programa GTE para o WECe consequentemente Le Mans estaria ganhando corpo dentro dos muros da empresa em Sant’Agata.

Um estudo de design já estaria sendo desenvolvido. Caso se confirme seria o quinto fabricante a correr na classe GTE-PRO ao lado de Ferrari, Porsche, Corvette e Ford.

A única declaração foi dada recentemente por Adrea Cordovani, presidente da marca. Na ocasião, enfatizou que não tem qualquer intensão de desenvolver nada para a F1, mas não descartou outras séries. “Não se pode pensar em uma marca como Lamborghini sem estar envolvida no motorsport”

Primeiros motores Gibson prontos para testes

(Foto: Gibson)
(Foto: Gibson)

Os primeiros motores desenvolvidos pela Gibson para a classe LMP2 do Mundial de Endurance e IMSA, foram apresentados nesta terça (16) nas dependências da fábrica. Quatro unidade serão entregues para os quatro construtores Oreca, Onroak Automotive, Riley-Multimatic e Dallara para testes.

O V8 de 4.2 litros começou a ser desenvolvido em agosto de 2015, quando a Gibson foi escolhida como fornecedora única de motores para a classe LMP2. Foram mais de 10 mil quilômetros de testes desde então.

Os testes em pista deve começar nos próximos meses. Oreca e Onroak já estão com seus projetos bem desenvolvidos. a Riley deve apresentar seu modelo no final de outubro. Mais seis motores serão disponibilizados até o final de outubro. Mais dez são esperados para dezembro.