Edson Coelho vence pela primeira vez pelo Campeonato Brasileiro de Turismo

Piloto mineiro da W2 Racing tomou a ponta na largada, soube se manter à frente diante dos ataques de Márcio Campos e comemora sua primeira vitória no Brasileiro de Turismo. De quebra, empata na ponta da tabela

Edson Coelho vence pela primeira vez pelo Campeonato Brasileiro de Turismo
(Fernanda Freixosa/VICAR)

Edson Coelho pôde respirar um pouco mais aliviado no final da tarde deste sábado (10), quando foi realizada a primeira prova da quinta rodada dupla, em Interlagos, válida pelo Campeonato Brasileiro de Turismo. O piloto mineiro da equipe W2 conquistou sua primeira vitória na principal categoria de acesso à Stock Car. Depois de conquistar vários pódios e uma pole-position nesta temporada, a tão esperada primeira vitória, enfim, chegou.

"Interlagos é uma pista em que sempre ando muito bem, me sinto muito à vontade. Vim para buscar a vitória, e depois de dois anos disputando o título, vencer aqui é uma sensação incrível", descreveu.

O mineiro, segundo no grid, largou melhor que o pole position Márcio Campos, tomou a ponta no S do Senna e manteve-se na posição até a bandeira quadriculada, controlando a distância que o separava do rival gaúcho. "Acredito que tinha carro para ganhar a corrida, mas infelizmente meu motor começou a ficar, e aí não tinha como ganhar do Edinho, que fez uma excelente corrida, não errou nenhuma vez e está de parabéns. O segundo lugar, na situação em que terminamos a corrida, acabou sendo muito bom", analisou Campos.

A vitória de Edson Coelho eleva sua soma para 122 pontos, empatando na liderança da disputa com Gabriel Robe, da Motortech, quinto colocado na prova de hoje. 

"Estou animado com a liderança. Acho que essa metade final do campeonato vai ser muito positiva para nós com mais duas corridas em Interlagos, uma em Minas Gerais, em casa. Tomara que seja o início da trajetória rumo ao título", afirmou Coelho.

Dennis Dirani completou o pódio em terceiro lugar, conquistado na última volta. "Abri a volta final satisfeito com o quarto lugar. Quando vi que o (Pietro) Rimbano começou a falhar, eu consegui aproveitar e passar. São bons pontos conquistados hoje, um pouco daquela sorte que tanto faltou no início da temporada. Começar a segunda metade do ano com o pódio já é gratificante, fico feliz", explicou. Rimbano ainda conseguiu cruzar a linha de chegada em quarto, com Gabriel Robe, Adibe Marques, Marco Cozzi, Luca Milani, Gustavo Myasava e Gustavo Frigotto fechando os dez primeiros colocados.