Pipo Derani chega em segundo nas 10 Horas de Petit Le Mans nos EUA

Vencedor das 24 Horas de Daytona e das 12 Horas de Sebring, brasileiro salta de quinto para segundo na hora final da disputa e encerra temporada no campeonato norte-americano com mais um pódio para a Tequila Patrón ESM

Pipo Derani chega em segundo nas 10 Horas de Petit Le Mans nos EUA
(Tequila Patrón ESM)

Foi uma corrida dura, mas o segundo lugar ao final das 10 Horas de Petit Le Mans, neste sábado (dia 1º), coroou os esforços da equipe Tequila Patrón ESM na disputa da última etapa do IMSA WeatherTech Championship, no circuito de Road Atlanta (EUA), e a grande pilotagem do brasileiro Pipo Derani.

Ao lado dos companheiros Scott Sharp e Johannes van Overbeek, o piloto fechou a temporada com três pódios para o No. 2 Tequila Patrón ESM Honda Ligier, em quatro provas disputadas no IMSA este ano, incluindo as vitórias nas 24 Horas de Daytona e 12 Horas de Sebring.

O trio enfrentou algumas dificuldades no acerto do carro durante os treinos livres e partiu da sétima colocação no grid. A equipe conseguiu se recuperar durante a prova com uma boa estratégia nos pit stops e Derani chegou a lutar pela segunda posição, ainda na primeira metade da prova, mas o contato com outro carro fez o brasileiro perder posições e cair para sétimo.

Faltando seis horas, a equipe conquistou mais duas posições e com o anoitecer a sorte começou a virar a favor do trio da Tequila Patrón ESM. Derani voltou a assumir o cockpit quando faltavam duas horas e meia para o final, na quinta posição. Faltando 50 minutos para o encerramento da prova, o brasileiro subiu para terceiro e, na sequência, assumiu a segunda posição.

A prova ainda teve uma bandeira amarela nos 20 minutos finais, permitindo que Derani lutasse pela vitória. Mas com alguns carros de GTD entre o brasileiro e o líder não foi possível superar o tráfego e batalhar pelo primeiro lugar.

"Foi uma corrida muito difícil. Nunca estivemos entre os top-5 na corrida toda. Conseguir chegar em segundo é uma grande conquista", declarou o brasileiro de 22 anos.

"Começamos o final de semana atrás dos demais. Tivemos alguns problemas nos primeiros treinos livres e conseguir uma dobradinha para a Ligier é o melhor que poderia acontecer", lembrou, destacando a vitória do trio Oswaldo Negri Jr., Olivier Pla e John Pew (Michael Shank Racing Honda HPD Ligier JS P2) na 19ª edição da prova.

"Claro que eu queria vencer. Estávamos próximos na relargada. Eu tinha alguns GTs entre mim e o Oli (Pla) e ele conseguiu abrir vantagem. Mas foi ótimo. Lutamos bastante pelo título do Tequila Patrón North-American Endurance Cup e é ótimo terminar a temporada aqui em Petit Le Mans, numa grande pista e com esta grande equipe", continuou Derani, que ficou com o vice-campeonato da competição, que inclui as quatro provas de longa duração do IMSA (24 Horas de Daytona, 12 Horas de Sebring, 6 Horas de Watkins Glen e 10 Horas de Petit Le Mans). Eles ficaram apenas dois pontos atrás dos campeões Christian Fittipaldi e João Barbosa.

"Eu não era conhecido antes de estar com a Patrón e eles me deram uma grande chance de ser alguém. Viemos aqui e conseguimos grandes vitórias juntos. Cada corrida que fazemos juntos, estamos mais e mais próximos. Não posso esperar para continuar o trabalho com a equipe nas corridas que ainda faltam na temporada", completou o brasileiro.

Derani volta a competir agora no dia 16, na disputa das 6 Horas de Fuji, no Japão, sétima etapa da temporada do FIA WEC.

Veja os melhores em Road Atlanta (Top-5):*
1 J. Pew / O. Negri Jr. / O. Pla (Michael Shank Racing Honda HPD Ligier JS P2) 412 voltas em 10h00min30s023
2 S. Sharp / L. Derani / J. van Overbeek (Tequila Patron ESM Honda HPD Ligier JS P2) a 3s524 
3 R. Taylor / J. Taylor / M. Angelelli (No. 10 Konica Minolta Corvette DP for Wayne Taylor Chevrolet Corvette DP) a 11s745
4 E. Curran / D. Cameron / S. Pagenaud (Action Express Racing Chevrolet Corvette DP) a 14s258 
5 J. Barbosa / C. Fittipaldi / F. Albuquerque (Action Express Racing Chevrolet Corvette DP) a duas voltas