Audi minimiza boatos sobre seu futuro no Mundial de Endurance

Após rumores de que a montadora alemã estaria se retirando do Mundial de Endurance, por conta de uma reestruturação do grupo VW, dirigentes da equipe afirmam que nada está confirmado

Audi minimiza boatos sobre seu futuro no Mundial de Endurance
(Foto: Audi AG)

Em meio aos boatos de que a Audi estaria se retirando do WEC no final da temporada 2016, o diretor do departamento esportivo da marca, Dr. Wolfgang Ullrich, afirma que por enquanto nada está confirmado.

"Eu espero que eles estejam errados",  disse à imprensa neste sábado em Fuji Speedway. Ullrich comenta que nenhuma decisão foi tomada ainda sobre o programa para o próximo ano.

"Temos visto tantos rumores na imprensa durante os últimos anos", disse ele. "A coisa boa é que, na maioria dos casos, nada se concretizou. Eu sou otimista, eu estou ansioso para o futuro.”

"Nós estamos seguindo nosso cronograma como é feito todos os anos. O tempo em que os programas de automobilismo são decididos, não ocorreu ainda.”

Já o chefe do programa LMP da Audi, Stefan Dreyer, em entrevista ao site Sportscar365, garante que boatos sempre rodaram a equipe nos últimos anos."Isto não é novo; tem sido assim todos os anos. Obviamente, a situação agora é mais difícil do que no passado, mas temos que esperar. Até não ser oficial, vamos continuar trabalhando com o carro do próximo ano."

Ullrich afirma que as conversas sobre os regulamentos para 2018 bem como o projeto do carro estão acontecendo. Para o futuro a ACO quer implantar uma classe de 10MJ de recuperação híbrida, e até três sistemas de híbridos, como opção para as equipes.

"Estamos trabalhando no projeto, precisamos ser competitivos no futuro. Estamos trabalhado como um todo, para organizar e discutir os regulamentos.”

"Se você olhar para qualificação de hoje, eu acho que é uma das melhores provas de que o regulamento é muito bom. Mas há muitos detalhes que nós todos juntos precisamos trabalhar."

Tendência na indústria automobilística, os motores elétricos estão cada vez mais presentes no dia a dia das indûstrias. Ullrich, garante que ainda existe um bom mercado para motores a diesel.

"Pensamos que o motor diesel ainda é um dos motores de combustão mais eficientes", disse ele. "Eles podem ser bem limpos. É apenas uma questão de desenvolvimento.”