Pilotos precisam fazer descarte de pontos pela Fórmula Truck para Guaporé

Depois desta nona e penúltima etapa da temporada o descarte obrigatório terá de ser feito das provas anteriores. Regulamento veta jogar fora pontos da última prova.

Pilotos precisam fazer descarte de pontos pela Fórmula Truck para Guaporé
O bicampeão da Fórmula Truck Beto Monteiro busca mais um pódio na temporada. (Luciana Flores)

Restam somente duas corridas até o final da temporada da Fórmula Truck e 106 pontos estarão em disputa para definir o campeão da 21ª temporada. De acordo com o regulamento da categoria, os participantes têm de descartar o resultado de uma das nove primeiras etapas de 2016. Com isso, a tradicional corrida de Guaporé, que está marcada para o próximo domingo tem um dos maiores públicos todos os anos, pode definir se os primeiros colocados ainda continuarão na briga pelo título. A prova na cidade da serra gaúcha está marcada para dia 6 de novembro nos 3.080 metros do seletivo traçado.

Felipe Giaffone, que briga pelo tetracampeonato, tem 322 pontos, mas sem o descarte obrigatório. Ele pontuou em todas as oito corridas anteriores. Neste momento, seu pior resultado são os 23 pontos conquistados em Goiânia. Com isso, ele ficaria com 299. Paulo Salustiano, o segundo colocado na classificação geral, tem 280 pontos, mas já computou o descarte na corrida de Curitiba, quando zerou ao não completar nenhuma das duas fases. O terceiro na tabela de classificação é Diogo Pachenki, que tem uma desclassificação em Interlagos e não pode jogar fora esse resultado.

Com isso, Pachenki, que em Tarumã conquistou sua primeira vitória na Fórmula Truck, tem 275 pontos, mas teria de eliminar os 18 obtidos em Londrina e ficaria com 257. André Marques entrou, matematicamente, na briga com sua primeira vitória, na oitava etapa, em Cascavel. Ele tem 221 pontos, com o descarte definido, e precisaria marcar 102 dos 106 pontos em disputa nas duas corridas restantes e ainda assim contar que Giaffone deixe de pontuar em ambas e Salustiano e Pachenki também não tenham bons resultados. Complicado, mas possível. 

O primeiro treino da nona etapa está marcado para a sexta-feira, dia 4 de novembro, com o classificatório no sábado e a corrida domingo.