WEC defende criação de Campeonato Mundial de GT

Organização do Mundial de Endurance, pleiteia que os vencedores da classe GTE, tenham status de campeões mundiais

WEC defende criação de Campeonato Mundial de GT
(Foto: Ade Holbrook – AdrenalMedia.com)

A organização do Mundial de Endurance, encaminhou proposta para a FIA, para a criação de um campeonato mundial de GT. A entidade vai discutir os detalhes em Dezembro.

O título caberia aos pilotos e fabricantes, que competem nas classes GTE. A premiação seria nos mesmos moldes que a LMP1 ostenta. “Obviamente, será um dos temas que estarão em cima da mesa”, disse Sir Lindsay Owen-Jones, responsável pelo Endurance dentro da FIA. “É uma aspiração normal dos nossos concorrentes GT. Eu sinto que ele tem um enorme mérito.”

“A FIA é extremamente parcimoniosa com o conceito de títulos mundiais, eu respeito porque é uma marca e eles têm o direito de usar como de não usar.”

“Eu acho que os nossos fabricantes GT, fazem um ótimo trabalho. Merecem um reconhecimento.

“A decisão está nas mãos do Conselho Mundial de Automobilismo e da FIA.”

A proposta do WEC, vem pouco tempo depois que Jean Todt, presidente da FIA anunciou um campeonato mundial GT para modelos GT3. A proposta foi vetada pelos fabricantes no início do ano.

Quatro fabricantes estão atualmente representados na classe GTE-Pro, com a BMW voltando no próximo ano.  Lamborghini e McLaren podem fazer parte deste plantel em 2019.

Correndo por fora, a Chevrolet compete somente nas 24 horas de Le Mans, também na classe GTE-PRO. “Faz sentido para os fabricantes atuais esse  título,” destacou Gerard Neveu, presidente do WEC.

“Como eles estão realizando na pista é absolutamente incrível. Está no nível de um campeonato mundial. Não há dúvida sobre isso.” Finalizou.