Lucas di Grassi espera boa corrida em Marrakesh pela Fórmula E

Categoria dos carros elétricos visita a África pela primeira vez; no próximo sábado (12), campeonato faz a segunda etapa da temporada em um encontro mais do que oportuno: no mesmo final de semana na cidade marroquina acontece o COP22, a conferência climática da ONU

Lucas di Grassi espera boa corrida em Marrakesh pela Fórmula E
(ABT Schaeffler Audi Sport)

De 19º no grid a segundo no pódio, drama até a volta final, alguns contratempos e triunfos em poucas horas: a temporada da Fórmula E começou cheia de emoções há cerca de um mês nas ruas de Hong Kong, e a corrida foi concluída com uma festa de champanhe nas mãos de Lucas di Grassi nos principais degraus do pódio. Agora, a categoria dos carros elétricos parte para a segunda etapa da temporada 2016-2017.

Marrakesh representa a primeira visita da Fórmula E à Africa, e a cidade marroquina traz o maior traçado da temporada, com 2,971 quilômetros de extensão. "Estamos na expectativa para a corrida de Marrakesh e posso prometer que vamos atacar com tudo mais uma vez", diz Lucas di Grassi.

Sua ascensão do 19º para o segundo lugar em Hong Kong foi a maior recuperação de corrida já vista na história da Fórmula E, e já registrada como recorde da categoria. Curiosamente, outra parecida aconteceu também com Lucas, na etapa malaia de Putrajaya, em 2014, quando o brasileiro da ABT Schaeffler Audi Sport saiu da última fila para terminar também em segundo.

"É bom saber que com otimização no gerenciamento de energia e uma estratégia perfeita da equipe a gente ainda consegue superar situações difíceis", apontou. "Meu time e nossos parceiros nunca param. Eles trabalham incansavelmente entre as corridas e estão sempre melhorando até mesmo nos menores detalhes que podem ser decisivos", afirmou.

Lucas se diz animado principalmente pelo que foi demonstrado em Hong Kong, e não muda seus objetivos. "Tentar vencer. Se não der, buscar o pódio e somar um excelente número de pontos", crava o paulistano.

Encontro oportuno - A corrida da Fórmula E no Marrocos acontece no mesmo final de semana em que chefes de estado de todo o planeta estarão reunidos, também em Marrakesh, para o COP22, a conferência sobre o clima promovida pela ONU. Durante a conferência, a Fórmula E exibirá o documentário produzido sobre a mudança climática mundial. Recentemente, Lucas di Grassi acelerou um carro da categoria na calota polar que fica localizada no ponto mais ao norte da Groenlândia.

No COP22 estão confirmadas as presenças do presidente norte-americano Barack Obama e da chanceler alemã Angela Merkel. "Correr de carros elétricos no mesmo local e no mesmo fim de semana do COP22 é um marco e tanto. O mundo inteiro estará olhando para Marrakesh durante estes dias, e para nós é mais uma motivação em busca de um bom resultado", falou Lucas, que na última terça-feira (8) esteve em Lisboa discursando sobre o futuro do automobilismo e da mobilidade elétrica no WebSummit 2016.

O canal Fox Sports transmite ao vivo a segunda etapa da Fórmula E. A transmissão começa às 8h45 deste sábado.