Rafael Suzuki comemora estreia da Stock Car no Circuito dos Cristais em Minas Gerais

Categoria realiza sua primeira corrida no novo e seletivo Circuito dos Cristais, em Curvelo. Piloto da Geolab Racing acredita em disputa acirrada e bons resultados na penúltima etapa do campeonato

Rafael Suzuki comemora estreia da Stock Car no Circuito dos Cristais em Minas Gerais
Carsten Horst/Hyset

A Stock Car chega neste fim de semana ao estado de Minas Gerais, onde faz sua estreia no Circuito dos Cristais, em Curvelo - a cerca de 170km da capital Belo Horizonte. A penúltima etapa do ano promete novos desafios aos pilotos em meio a uma intensa briga pelo título, que está polarizada principalmente entre Felipe Fraga e Rubens Barrichello, apesar de outros seis pilotos ainda terem chances matemáticas. Para Rafael Suzuki, o ineditismo do circuito é um fator interessante, que deve deixar ainda mais equilibrada a disputa da última rodada dupla da temporada.

Curvelo é a pista mais longa do atual calendário da categoria, com 4.420 metros de extensão e um traçado bem técnico, com 18 curvas, subidas e descidas, além de uma longa reta de 800 metros, que deverá ser o principal ponto de ultrapassagens, com a ajuda do push-to-pass, mas não é o único. 

Poucos pilotos do grid conseguiram conhecer o traçado com outros carros, já que não é permitido treinar com o carro da Stock Car fora dos finais de semana de corrida, mas mesmo assim Suzuki acredita que todos chegam em condições similares. O piloto da Geolab Racing estudou bastante o circuito, com vídeos onboard e análise das características da pista, e gostou do que vem por aí. Rafael destacou o alto número de curvas e a extensão da pista como os principais pontos do traçado, e confia no talento de Mauro Vogel, seu chefe de equipe, no acerto do carro. 

Além da rodada dupla em Minas Gerais, a etapa final de Interlagos terá pontuação dobrada, e assim são 105 pontos em jogo. Atualmente em 19º, o representante maranhense tem o objetivo de fechar o ano no top-15 e vai em busca de pontuar bem nas duas corridas do fim de semana. 

Para uma melhor adaptação, os pilotos poderão contar com um treino extra na manhã de sexta-feira, logo após o shakedown, e no período da tarde, o 1º treino oficial. No sábado, será realizado o 2º treino livre e a classificação, com transmissão ao vivo pelo Sportv a partir das 12h30 (horário brasileiro de verão). As duas provas da 11ª etapa acontecem no domingo, com a largada da corrida 1 às 13h ao vivo no Sportv, e a corrida 2 na sequência. 

"Será fantástico correr em um novo circuito, especialmente em Minas Gerais, onde faltava um autódromo. Um novo circuito como esse significa muito para o automobilismo, ainda mais em tempos onde se pensa mais em fechar do que inaugurar novas praças. Mesmo que alguns pilotos tenham conseguido viabilizar algum treino com carros de outra categoria, acredito que todos começarão praticamente do zero, o que espero que seja algo bom pra mim, que acostumei em toda minha carreira a ter que me adaptar a novos circuitos o mais rápido possível quando corria fora do Brasil. Além disso, teremos uma sessão de treinos extras e isso ajudará muito o desenvolvimento do trabalho. Vamos buscar voltar ao top-10 nas corridas, esse é o maior objetivo". Revela Rafael Suzuki: