Sérgio Jimenez e Rodrigo Baptista confiantes pela conquista do título da Porsche GT3 Cup em São Paulo

Competindo em dupla, os atletas HTPro dividirão os 500 km da prova no Autódromo de Interlagos

Sérgio Jimenez e Rodrigo Baptista confiantes pela conquista do título da Porsche GT3 Cup em São Paulo
(Divulgação)

Os pilotos Sérgio Jimenez e Rodrigo Baptista, disputam neste sábado (26), em São Paulo (SP), a prova de encerramento da temporada da Porsche GT3 Cup Challenge. Competindo em dupla, Jimenez e Digo terão pela frente 500 km, 250 cada um, no Autódromo Internacional de Interlagos, com largada no fim da tarde, às 16h30, e bandeirada à noite, na Endurance Cup, às 20h30. 

A classificação do campeonato da Endurance Cup tem Sérgio Jimenez e Rodrigo Baptista em segundo lugar, ambos com 97 pontos, uma vez que disputaram juntos as duas primeiras etapas da categoria. A liderança é de Alan Hellmeister, com 110, piloto que competirá ao lado de Nelson Piquet Jr. no sábado. Ricardo Zonta está em quarto lugar com 91, Marcelo Hahn e Allam Khodair vêm logo a seguir, com 90. Ambos os atletas HTPro demonstram confiança para a etapa.

"Vamos em busca desse titulo. A prova será longa, então temos que ter paciência para levar o carro inteiro até o fim. Será um evento difícil, porque Interlagos é muito exigente. Mas, nós temos treinado bastante fisicamente e estamos prontos para a disputa", aponta Jimenez. "A expectativa é realmente boa. Duas semanas atrás andei no autódromo de São Paulo durante o GP Brasil de F1 na Porsche Cup e fui bem. Estamos na disputa pelo título, lógico que não está e nem será fácil, mas temos grandes chances", complementou Digo.

A dupla chega em alta para a decisão do evento. Além de Rodrigo Baptista vir de uma boa jornada na última etapa da Porsche Cup, também em Interlagos, quando completou ambas as corridas do final de semana com dois pódios, um segundo lugar e um quinto, os atletas registraram uma segunda colocação em Goiânia, prova intermediária da Endurance Cup. "O Rodrigo cresceu muito lá em Goiás. A ideia é que aqui em São Paulo sejamos tão fortes quanto fomos lá", avalia Jimenez.

"Certamente a disputa durante o GP Brasil de Fórmula 1 ajudou muito, ainda mais que andei no seco e na chuva, ou seja, serviu como um ótimo treinamento para essa última etapa da Endurance Cup. Não sei se chega a ser uma vantagem, porque muitos pilotos rivais também andaram na etapa do GP, mas para mim foi muito bom", finaliza Rodrigo Baptista.