Estatísticas do Grande Prêmio da Espanha de Fórmula 1

Neste domingo (12), a Fórmula 1 vai para a quinta corrida da temporada de 2016, o GP da Espanha, em Barcelona. Confira abaixo alguns números e estatísticas de toda a história das corridas em solo espanhol

Estatísticas do Grande Prêmio da Espanha de Fórmula 1
Nico Rosberg cruzando a linha de chegada para vencer a prova de 2015 (Foto: Mark Thompson/Getty Images)

Depois de duas semanas de pausa, a Fórmula 1 está de volta com o Grande Prêmio da Espanha, quinta etapa da temporada de 2016. Os treinos começam nesta sexta-feira (13), e a corrida será no domingo (15), às 9h da manhã, hora de Brasília.

Com mais de 40 corridas realizadas no país, e 25 só em Barcelona (casa atual do GP), a Espanha tem uma rica história para guardar na Fórmula 1, e se tornou um destino bastante tradicional nas últimas décadas. Confira abaixo algumas estatísticas e números da história das corridas em solo espanhol (todas retiradas do site oficial da Fórmula 1):

Apenas Fernando Alonso venceu duas vezes nas últimas 10 edições do GP da Espanha - uma delas foi em 2013 (Foto: Rainer Schlegelmilch/Getty Images)
Apenas Fernando Alonso venceu duas vezes nas últimas 10 edições do GP da Espanha - uma delas foi em 2013 (Foto: Rainer Schlegelmilch/Getty Images)

- O GP da Espanha já foi realizado oficialmente 45 vezes. Começou no circuito de Pedralbes, em 1951, e passou por Jarama, Montjuïc e Jerez de la Frontera, até chegar à Catalunha, em 1991, para nunca mais sair;

- Em 25 GP’s na pista de Barcelona, apenas cinco pilotos venceram mais de uma vez: Michael Schumacher (seis), Mika Häkkinen (três), Nigel Mansell, Fernando Alonso e Kimi Räikkönen (todos com duas);

- Schumacher também tem outros recordes na pista: maior margem de vitória sobre o segundo colocado (51s988 sobre Johnny Herbert, em 1995), maior número de voltas lideradas no circuito (411) e mais provas com pelo menos uma volta liderada (10, contra cinco de Häkkinen, Räikkönen, Alonso e Lewis Hamilton);

Michael Schumacher detém vários recordes importantes na Espanha (Foto: Mark Thompson/Getty Images)
Michael Schumacher detém vários recordes importantes na Espanha (Foto: Mark Thompson/Getty Images)

- Do grid atual, Alonso é o que mais liderou voltas em Barcelona, com 149, seguido por Räikkönen (135), Hamilton (84) e Nico Rosberg (76);

- Das 25 corridas em Montmeló, 18 foram vencidas pelo pole-position, e outras cinco viram o segundo colocado no grid sair vitorioso. Apenas em duas vezes o vencedor por lá não largou na primeira fila (Schumacher largou em terceiro em 1996, e Alonso saiu do quinto lugar em 2013);

- Das 132 voltas somadas das provas de 2014 e 2015, a Mercedes (seja com Hamilton e Rosberg) liderou incríveis 131. Apenas uma volta liderada por Räikkönen em 2015 destoa dessa marca;

- Historicamente, desde sua ida a Barcelona, o GP da Espanha sempre é a quinta etapa do campeonato. Apenas duas vezes o vencedor em solo espanhol conseguiu ali a quinta vitória seguida, com Nigel Mansell em 1992 e Michael Schumacher em 2004 (ambos foram campeões mundiais com sobras). Nico Rosberg tentará atingir essa marca em 2016;

Rosberg tentará a quinta vitória seguida no ano, oitava na carreira (Foto: Mark Thompson/Getty Images)
Rosberg tentará a quinta vitória seguida no ano, oitava na carreira (Foto: Mark Thompson/Getty Images)

- Além disso, Rosberg também busca a sua oitava vitória seguida na carreira, o que o faria ultrapassar Alberto Ascari (sete entre Bélgica/1952 e Argentina/1953) e Michael Schumacher (sete entre Europa e Hungria em 2004) na lista de maior sequência de vitórias seguidas na história. Apenas Sebastian Vettel (nove entre Bélgica e Brasil em 2013) tem mais triunfos consecutivos;

- Nas últimas 10 corridas, nove pilotos diferentes venceram na Catalunha: Fernando Alonso, Felipe Massa, Kimi Räikkönen, Jenson Button, Mark Webber, Sebastian Vettel, Pastor Maldonado, Lewis Hamilton e Nico Rosberg. Apenas Alonso (2006 e 2013) conseguiu triunfar em duas ocasiões;

- A pista de Montmeló é a que tem a maior distância entre a linha de chegada e o ponto de freada da curva 1 – são incríveis 726,2 metros. O ideal para trazer a ação que o público gosta de ver nas largadas.

As largadas na Espanha sempre prometem muita ação (Foto: Getty Images)
As largadas na Espanha sempre prometem muita ação (Foto: Getty Images)