Chefe da Ferrari: “não está com pressa” para discutir renovação de Kimi Räikkönen

Em entrevista à Autosport, Maurizio Arrivabene elogiou o trabalho do finlandês até agora, mas deixou claro que não há pressa para uma possível renovação, e que o foco da equipe é a melhora no desempenho de pista

Chefe da Ferrari: “não está com pressa” para discutir renovação de Kimi Räikkönen
Kimi Räikkönen já está na sua sexta temporada na carreira pela Ferrari (Foto: Mark Thompson/Getty Images)

Kimi Räikkönen teve um começo razoável na temporada de 2016 da Fórmula 1. Em oito corridas até agora, o finlandês foi ao pódio em três ocasiões (segundo no Bahrein e na Espanha, e terceiro na Rússia), além de outras duas aparições entre os cinco primeiros (quarto na Europa e quinto na China). Porém, o momentâneo quarto lugar do piloto no campeonato ainda não foi suficiente para garantir confiança total dentro da equipe, trazendo dúvidas sobre a sua permanência na Ferrari (seu contrato acaba no fim do ano). E seu chefe comentou o que acha do assunto.

Em entrevista à Autosport nesta terça-feira (21), Maurizio Arrivabene declarou que Räikkönen está totalmente focado apenas no seu momento atual como piloto. O italiano classificou o campeão mundial de 2007 como “um bom companheiro de equipe” (na última corrida, em Baku, foi obrigado a dar passagem ao seu colega, Sebastian Vettel, que vinha em uma estratégia diferente e com pneus melhores), e disse que ninguém está com pressa para uma possível renovação de contrato com Kimi. O “Homem de Gelo” já está na sua sexta temporada pelo time (três na primeira passagem, entre 2007 e 2009, e outras três na segunda, de 2014 até hoje).

Kimi (Räikkönen) está completamente focado em seu trabalho. No domingo (GP da Europa), ele demonstrou que é um bom companheiro do Sebastian (Vettel). Mas, se você analisar a sua corrida, em alguns momentos ele foi o mais rápido da pista em um determinado setor. Nós estamos analisando, não estamos com pressa, e devo dizer que ele também não está com pressa”, disse Arrivabene.

O italiano completou, afirmando que é muito cedo para afirmar qualquer coisa sobre a próxima temporada. Segundo o chefe da Scuderia, o foco é melhorar o desempenho em 2016, em que a Ferrari ainda não conseguiu nenhuma vitória, contra sete da Mercedes e uma da Red Bull.

É muito cedo para falar qualquer coisa sobre a próxima temporada, porque o número de vitórias que temos até agora continua sendo zero. Ainda temos um longo caminho para percorrer”, complementou Arrivabene.

Räikkönen é o quarto colocado no campeonato de pilotos, com 81 pontos, contra 96 de Vettel na disputa interna. Os dois são superados apenas pela dupla da Mercedes, Nico Rosberg (141) e Lewis Hamilton (117). A escuderia germânica também lidera entre os construtores, com 258 pontos, enquanto a Ferrari é a segunda colocada, com 177. A próxima etapa será o Grande Prêmio da Áustria, no Red Bull Ring, em 3 de julho.