Lewis Hamilton vence GP da Hungria e lidera campeonato

Em uma corrida limpa sem acidentes, a Mercedes fez mais uma dobradinha, enquanto Red Bull e Ferrari tiveram um ótimo duelo.

Lewis Hamilton vence GP da Hungria e lidera campeonato
Getty Images

A corrida em Hungaroring foi bem interessante porém ao contrario do treino classificatório a chuva não esteve presente com isso as temperaturas foram bem elevadas, e a gestão dos pneus foi primordial na corrida, mas o resultado foi aquilo que era esperado por todos, Lewis Hamilton venceu a sua 48 ª corrida e a 5ª vitória em 6 corridas o que garantiu a ele a liderança do campeonato pela primeira vez nesta temporada e que será difícil de tirar dele já que vem num ótimo momento.

O piloto inglês assumiu a liderança da prova ainda na largada mesmo largando do lado sujo da pista ele conseguiu tracionar melhor que seu companheiro que largou na primeira colocação assim quando chegou na primeira curva ele tinha o lado de dentro e conseguiu de maneira fácil ganhar a posição de Nico Rosberg, porém quem teve uma ótima atuação na largada foi Daniel Ricciardo da Red Bull que numa manobra sensacional onde foi pelo lado de fora da primeira curva quase passou os dois carros da Mercedes porém teve que se contentar em conquistar a posição de Rosberg, mas não demorou muito para que o alemão voltasse ao segundo lugar e começasse uma perseguição ao primeiro lugar. Hamilton só não abriu muita vantagem para Rosberg durante a corrida devido ao tráfego intenso que ele teve e que por muitas vezes acabou o atrapalhando mas mesmo assim com uma diferença pequena para Rosberg e algumas vezes sendo ameaçado por seu companheiro de equipe ele conseguiu segurar a pressão e vencer o GP da Hungria enquanto Rosberg ficou com o segundo lugar de consolo.


Com o atual domínio da Mercedes na categoria a briga pela vitória seria apenas entre eles porém tivemos brigas muito boas valendo o terceiro lugar e o quinto lugar ambas posições que foram dos pilotos da Red Bull que tiveram que segurar a pressão das Ferraris, a briga pela terceira posição foi mais tranquila sem muitos ataques nas últimas pois Daniel Ricciardo conseguiu manter uma diferença pequena para seu ex-companheiro de equipe Sebastian Vettel, diferença que garantiria a ele um lugar no pódio. Já a briga pela quinta posição foi bem intensa entre Max Verstappen e Kimi Raikkonen isso porque houve toque entre os dois e até ameaça pelo rádio, o finlandês que havia largada na décima quarta posição conseguiu fazer uma boa corrida de recuperação porém nos momentos finais encontrou um rival a altura que parasse a sua boa recuperação, e por várias voltas Raikkonen que estava com o pneu supermacio tentou ultrapassar Verstappen que estava com o pneu macio mas bem desgastado e foi na volta 57 que Raikkonen partiu pro tudo ou nada em cima do jovem piloto da Red Bull porém levou uma fechada e acabou tocando a sua asa dianteira no RB12 fazendo assim com que perdesse uma parte da asa dianteira , o finlandês como conhecemos chegou a reclama no rádio mas continuou a sua perseguição implacável e faltando pouco menos de 3 voltas para o final Raikkonen foi pra cima novamente de Verstappen só que desta vez na reta e novamente o holandês deixou apenas o lado de fora par ao finlandês passar com isso ele acabou freando tarde e quase saiu da pista, e neste momento ele reclamou pelo rádio que Verstappen havia mudado duas vezes de traçado e avisou que na próxima vez ele iria bater no carro da Red Bull. Mas como Raikkonen havia quase saido da pista, Verstappen teve um pouco mais de sossego e conseguiu cruzar a linha de chegada na quinta posição com Raikkonen na sua cola.   


Fernando Alonso que havia em todas as sessões de treinos tanto livres quanto classificatório feito o sétimo melhor tempo na corrida não poderia chegar me posição melhor, mesmo assumindo na largada a sexta posição onde superou seu compatriota Calros Sainz Jr. o espanhol da Mclaren acabou sendo superado pela Ferrari de Raikkonen e voltou a sua posição original neste fim de semana que era a sétima posição, além é claro de ser o primeiro daqueles que não são das três forças do atual grid que são a Mercedes, Red Bull e Ferrari. Já Jenson Button que vinha andando na zona de pontuação não teve tanta sorte isso porque ainda nas primeiras voltas ele teve um problema hidráulico no carro , mas a equipe pediu para que ele continuasse na corrida mesmo andando entre as última colocações mas nas últimas voltas da corrida ele abandonou a prova.


O espanhol da Toro Rosso, Carlos Sainz Jr terminou a corrida na oitava posição ele que não teve muita preocupação em segurar ou ultrapassar alguém. Valtteri Bottas salvou o fim de semana da Williams garantindo alguns pontinhos já que Felipe Massa que havia largado na parte de trás do pelotão não conseguiu se recuperar durante a corrida e terminou numa modesta décima oitava posição logo atrás do outro brasileiro Felipe Nasr que terminou a corrida na décima sétima posição. 


Nico Hulkenberg da Force India fechou o top 10 seguido de seu companheiro de equipe Sergio Perez que foi o décimo primeiro.