Sem concorrência, Nico Rosberg crava pole position na Bélgica

Piloto garante a pole position; Verstappen e Raikkonen ficaram bem próximos do tempo do alemão

Sem concorrência, Nico Rosberg crava pole position na Bélgica
Foto: Getty Images

E como era esperado Nico Rosberg sem concorrente direto cravou a pole position para o GP da Bélgica, isso porque seu companheiro de equipe Lewis Hamilton que recebeu uma punição de 55 posições ficou ainda pelo Q1 já que não adiantaria nada disputar a classificação assim preferiu economizar seu motor, dessa maneira o caminho de Rosberg para a pole position estava livre e ele soube aproveitar muito bem.

Atrás do alemão da Mercedes tivemos o jovem piloto da Red Bull, Max Verstappen que cravou o segundo melhor tempo da sessão ficando apenas 0,149s do tempo de Rosberg, enquanto Kimi Raikkonen que havia feito o terceiro tempo também ficou bem próximo do piloto da Mercedes com apenas 0,166s atrás. Isso mostra que realmente amanhã na largada e nas primeiras voltas a disputa entre eles será intensa.

Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo superados pelos seus companheiros, largaram em quarto e quinto lugar, porém o alemão da Ferrari poderia ter feito melhor que um quarto lugar, isso porque na última curva que antecede a reta dos boxes ele acabou perdendo a traseira e consequentemente perdendo alguns décimos de segundos importantes.

Na sexta e sétima colocação tivemos os dois carros da Force India com Sergio Perez fazendo o sexto tempo e Nico Hulkenberg fazendo o sétimo, isso é um ótimo resultado para eles que estão brigando com a Williams pela quarta posição no campeonato de construtores, já que a dupla de Grove fizeram apenas o oitavo e décimo tempo vom Valtteri Bottas novamente á frente de Felipe Massa. O brasileiro que acabou errando na sua última tentativa ainda no começo da volta.

Entre a dupla da Williams, tivemos a grande surpresa com Jenson Button além de ir para o Q3 ainda conseguiu ser mais rápido que Felipe Massa, mas não se espera que amanhã ele mantenha está mesma posição ou que consiga se manter no top 10. 

O brasileiro Felipe Nasr cravou o décimo sétimo tempo porém largará na décima sexta colocação, devido a uma punição de 5 posições que Esteban Gutierrez recebeu por atrapalhar Pascal Wehrlein no último treino livre.