Teliana Pereira luta mas é eliminada por Annika Beck na estreia em Nuremberg

Apesar de "pneu" no primeiro set, a alemã teve dificuldades contra a brasileira

Teliana Pereira luta mas é eliminada por Annika Beck na estreia em Nuremberg
Annika Beck (Foto: GettyImages)
Annika Beck
2 0
Teliana Pereira

A brasileira Teliana Pereira (#81) estreou nesta segunda-feira (16) no WTA Internacional de Nuremberg mas acabou sendo superada pela alemã Annika Beck (#42). Ela venceu Teliana por dois sets a zero, parciais de 6-0/6-4, em 1h37. O placar da partida não reflete a dificuldade imposta pela brasileira. Longas trocas de bola originaram inúmeras chances de quebra para Teliana, que não aproveitou sequer metade delas. Beck concluiu as chances que teve e pôde avançar para a próxima rodada.

Apesar da diferença entre os rankings, a brasileira tinha vantagem sobre a alemã devido ao retrospecto de partidas entre as duas. Eram 4 vitórias para Teliana contra apenas uma de Annika, sendo que, assim como todos os outros confrontos, o último entre elas foi no saibro em Roma na semana passada e terminou com vitória da brasileira. Esperava-se uma partida equilibrada entre as tenistas.

O primeiro set começou com um longo game, que envolveu duas igualdades e o primeiro break point para Teliana. Já tendo seu serviço ameaçado logo no início, Beck não deu espaço para a brasileira e com a chance de quebra que teve no game seguinte, já se colocou a frente no placar. Confirmando o seu e quebrando novamente o serviço da brasileira com facilidade, Annika já marcava 4-0. Teliana não se entregou e ainda teve mais duas chances no terceiro game de saque da alemã que não foram aproveitadas. Foi preciso apenas mais uma quebra, conquistada no game posterior, para que Beck fechasse com um "pneu" em 39 minutos de jogo.

Prestes se iniciar a segunda parcial, a chuva interrompeu a partida. A parada ajudou Teliana, que na volta conseguiu vencer seu primeiro game após sete disputados. O terceiro game do set final foi uma verdadeira batalha. Com 10 igualdades disputadas, a brasileira teve 5 oportunidades de quebra, porém, sem sucesso novamente permitindo que Annika confirmasse seu serviço. Os break points voltaram a acontecer mas com devoluções de quebra logo nos games seguintes com exceção do último quando Teliana tinha o saque no 5-4 contra e Beck tomou seu serviço concluindo a partida em 6-4.

Ao fim da partida, as chances de quebra se mostraram determinantes na vitória da alemã. Teliana aproveitou apenas 2 de 12 possibilidades e Annika teve 100% de aproveitamento, concluindo as 6 oportunidades que teve.

A alemã Annika Beck avança para a segunda rodada para enfrentar a norte-americana Nicole Gibbs (#72).