Hugo Calderano bate número 15 do ranking e iguala recorde brasileiro no tênis de mesa

Hugo chegou a quarta rodada e chegou na marca de seu xará, Hugo Hoyama, como único do país nesta rodada

Hugo Calderano bate número 15 do ranking e iguala recorde brasileiro no tênis de mesa
Foto: Divulgação/ Brasil 2016
Hugo Calderano
4 2
Peng Tang

O domingo (7) de Tênis de Mesa nos Jogos Olímpicos Rio 2016 foi de felicidade dupla para Hugo Calderano. O brasileiro entrou em quadra duas vezes, pela manhã e pela noite, saindo vitorioso e chegando a quarta rodada e igualando recorde histórico

Leia mais sobre o esporte: Tênis de Mesa: tudo o que você precisa saber para o Rio 2016

A melhor marca de um brasileiro no Tênis de Mesa, até então, era do seu xará, Hugo Hoyama, quando chegou a quarta rodada nos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996. Agora Calderano vai escrevendo a história na Rio 2016.

De manhã, ele enfrentou o sueco Per Gerell, e com certa facilidade, venceu o jogo. Em 44 minutos, ele fechou a partida em 4 a 1. Calderano, sempre muito ofensivo, abusou dos forehands e venceu o primeiro set por 13 a 11.

Em seguida, nova vitória, sempre muito apertada: 11 a 9. Com o apoio da torcida, Hugo era intensivo e usou deste aspecto para fazer 11 a 7, abrindo 3 a 0. Ele ainda foi derrotado no quarto set, por 11 a 9, mas nada que o assustasse. Fechou o jogo com ótimos ataques em 13 a 11. 

No outro duelo, já pela terceira rodada, Hugo entrou em quadra para seu maior desafio, até então: seu adversário era o 15° no ranking, o atleta de Hong Kong, Peng Tang. A partida foi suada para o brasileiro, que demonstrou ótima força emocional e sua qualidade em atacar o adversário. Com a força da torcida, virou o jogo e saiu vencedor. 

Um primeiro set nervoso marcou a vitória de Tang, por 11 a 8. Mas, os forehands e as devoluções começaram a cair para o lado do Brasil. Segundo set foi de Hugo: 14 a 12. No terceiro, mais ótimo aproveitamento no saque para marcar 11 a 7. A motivação virou ansiedade em acertar, o que fez Hugo errar bastante no quarto set: 11 a 4 para Tang. Com 3 a 2 no placar, bastava vencer o sexto set para classificar-se, e Hugo aproveitou os saques e backhands para decretar a vitória: 11 a 7. 

Com o resultado, Calderano tornou-se, ao lado de Hugo Hoyama, o brasileiro que mais foi longe nos Jogos Olímpicos de Tênis de Mesa: a quarta rodada. Desse modo, ele volta a quadra às 17h, na segunda-feira (8), para enfrentar o japonês Jun Mizutani, o sexto melhor mesa-tenista no ranking mundial.