Rafael Nadal bate Andreas Seppi com tranquilidade e avança na Olimpíada Rio 2016

Espanhol cometeu 42 erros não forçados, mas mesmo assim conseguiu vitória tranquila

Rafael Nadal bate Andreas Seppi com tranquilidade e avança na Olimpíada Rio 2016
Nadal utilizou muitos slices para vencer a partida. (Foto: Getty Images)
Rafael Nadal
2 0
Andreas Seppi

Na tarde desta terça-feira (9), o espanhol Rafael Nadal conseguiu mais uma importante vitória na caminhada rumo a tentativa de vencer o ouro novamente. Com um placar de 6/3 e 6/3, ele bateu o italiano Andreas Seppi e agora anota sete vitórias em oito jogos contra este adversário.

Logo no começo da partida, Nadal já mostrava que o jogo não seria fácil para o italiano. Confiante, ele mantinha-se firme nas trocas do fundo da quadra e conseguiu quebrar o serviço do adversário e abrir 3/0 na primeira parcial, em questão de apenas 18 minutos de partida.

Utilizando bem o seu backhand, Rafael seguiu firme no fundo da quadra, enquanto via Seppi cometer vários erros. Sem o primeiro saque em quadra, os dois jogadores tentavam surpreender nas devoluções, mas não conseguiram mais até o final do set, que seguiu linear até o 6/3 do espanhol.

A segunda parcial começou com uma postura diferente por parte de Andreas, que atacava mais nos games do "rei do saibro". Nadal chegou a salvar dois break points no set, coisa que nem havia precisado fazer no primeiro, onde dominou o tempo inteiro e jogou com mais confiança diante da torcida.

Mesmo com dificuldades, Rafa conseguiu quebrar o serviço de Seppi no placar de 3/1, e daí para diante virou o verdadeiro "Touro Miúra". Com winners e jogadas defensivas de muita velocidade, o espanhol encantou o público carioca e fechou a partida com outro 6/3.

Rafael Nadal avança agora para as oitavas de final dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Ele vai encarar agora o francês Gilles Simon, que bateu o japonês Yuichi Sugita com certa facilidade na última rodada.

O retrospecto aponta sete vitórias do espanhol contra apenas uma de Simon, em 2008 no saibro de Madri. Em quadras duras, 5-0 para Nadal, que jamais perdeu um set sequer para o francês.