Murray vence Monaco com facilidade e vai às oitavas no Rio

Em apenas 70 minutos o britânico despachou o argentino e segue em busca do bi olímpico

Murray vence Monaco com facilidade e vai às oitavas no Rio
Imagem:  Zimmer/Giubilo/Llamera

O britânico Andy Murray, após a eliminação de Novak Djokovic na primeira rodada, se tornou o maior favorito ao ouro em simples no Tênis e está fazendo valer essa condição. Na partida de hoje (09), ele passou com tranquilidade pelo argentino Juan Monaco, com parciais de 6-3 6-1 em 1h10 de jogo e avançou às oitavas de final.

Eliminado da chave de duplas, com seu irmão Jamie Murray, pelos brasileiros Thomaz Bellucci e André Sá, Andy agora descansa enquanto espera a definição de seu próximo adversário. O número 2 do mundo enfrenta agora o vencedor do duelo entre o italiano Fabio Fognini e o francês Benoit Paire, respectivamente 40 e 32 do ranking da ATP. Contra aquele, Murray tem 2-2 em confrontos diretos, e uma vitória em uma única partida contra este.  O confronto deve acontecer amanhã (10), ainda sem um horário definido.

O início de jogo foi perigoso para o atual campeão de Wimbledon, perdeu um game de serviço, se estressou, mas mostrou poder de reação e aproveitou o fraco mental de seu adversário para superar a adversidade e fechar o primeiro set. Monaco tentou variar o jogo na segunda parcial, mas foi parado facilmente por Murray, que não teve trabalho para encerrar o encontro.

O britânico está em busca de um feito inédito: nunca um tenista foi bi campeão olímpico em simples e, para realizar a façanha, ele conta com a boa fase, já que não perde uma partida desde a final de Roland Garros, quando foi derrotado por Djokovic, que conquistou, no torneio deste ano, seu primeiro título no Grand Slam francês. De lá até aqui foram 12 partidas em dois torneios: cinco pelo ATP 500 de Queens, onde se sagrou penta campeão, e sete em Wimbledon, onde conquistou o bi campeonato. Ambas as competições foram disputadas na grama.