Kei Nishikori perde set, mas bate alemão Benjamin Becker e segue vivo em Nova York

Após dois primeiros sets tranquilos, japonês teve de batalhar para vencer a partida

Kei Nishikori perde set, mas bate alemão Benjamin Becker e segue vivo em Nova York
Nishikori cumprimenta Becker ao final da partida. (Foto: Reuters)
Kei Nishikori
3 1
Benjamin Becker

No começo de tarde desta terça-feira (30), deu-se início à segunda rodada do US Open, último Grand Slam do ano. Um dos bons jogos do dia foi entre o japonês Kei Nishikori, quinto cabeça de chave, contra o alemão Benjamin Becker. Apesar de jogar com tranquilidade no começo, o nipônico levou 2h10 para vencer por três sets a um, com parciais de 6/1, 6/1, 3/6 e 6/3.

Esse foi o sexto confronto entre os dois tenistas na história do circuito mundial. Agora, Nishikori leva vantagem de 4 a 2 no confronto, e de 3-2 em jogos nas quadras duras. 

O set inicial foi de muita tranquilidade para o "samurai". Jogando bem em seus serviços, Kei conseguiu aniquilar as chances de Becker, que cometeu onze erros não forçados no set. Em apenas 24 minutos, o japonês conseguiu uma vitória tranquila por 6/1, anotando 13 winners.

A parcial seguinte não foi diferente da primeira. Novamente dominando no saque e devolvendo com potência, Nishikori tomou rapidamente o controle do jogo, e marcou mais 12 bolas vencedoras para levar o segundo set por 6/1 novamente, dessa vez em 25'.

Já no terceiro, Benjamin reagiu e começou a bater a bola mais funda, próxima da linha de base. Sem reação, Kei viu suas três oportunidades de break point irem por água abaixo, enquanto o alemão aproveitou sua única chance de quebra para levar a parcial com o placar de 6/3, irritando seu oponente.

Na quarta parcial, Nishikori voltou mais afobado, e começou errando muito. Com isso, Becker abriu logo 3/1 no placar. Mas daí pra frente, o japonês acordou, e começou a reagir rapidamente, aproveitando dois break points e disparando mais dez winners para vencer por 6/3 no quarto set.

Agora, Kei Nishikori vai encarar o jovem russo Karen Khachanov, #95 do ranking mundial. Será o primeiro encontro entre os dois tenistas na história do circuito.