André Sá, Bruno Soares e Marcelo Melo vencem partidas em dia 100% brasileiro

Mineiros confirmaram triunfos em Estocolmo e na Antuérpia em dia que também teve vitória de Thomaz Bellucci

André Sá, Bruno Soares e Marcelo Melo vencem partidas em dia 100% brasileiro
Melo e Soares venceram jogo tranquilo em Estocolmo (Foto: Reuters)

Na manhã desta quinta-feira (20), os brasileiros deram show nas quadras europeias. Com três vitórias em três jogos, o dia do Brasil no tênis a nível de circuito foi espetacular, visto que, além das vitórias dos duplistas, o paulista Thomaz Bellucci também confirmou vaga nas quartas de Moscou.

Favoritos, Melo e Soares continuam na busca pelo título

O jogo de Marcelo Bruno foi em Estocolmo, onde a parceria busca o bicampeonato, já que foram campeões em 2012, quando bateram Robert Lindsted Nenad Zimonjic em uma final muito apertada e disputada até o final.

Na partida de hoje, os adversários eram o alemão Gero Kretschmer e o russo Igor Zelenay, que possuem rankings bem inferiores aos dos brasileiros. 

Após passar por dificuldades em alguns games de serviço dos adversários, Melo e Soares conseguiram um break a mais em cada set para levar o jogo por 6/4 e 6/4.

Nas semifinais, os principais favoritos ao título irão encarar a dupla cabeça de chave número quatro, formada pelo croata Mate Pavic e o neozelandês Michael Venus, que venceram os convidados suecos Arvidsson e Simonsson.

Sá e Inglot surpreendem Cuevas/Marrero e vão às semis na Antuérpia

Os "intrusos" da vez são André Sá Dominic Inglot. Em um dia onde todas as três principais duplas do torneio venceram, eles foram à quadra para derrubar a quarta dupla cabeça de chave, formada pelo uruguaio Pablo Cuevas e o espanhol David Marrero.

Em um primeiro set apertado, Sá e Inglot tiveram de ser firmes para levar o jogo para o 5/5. Sacando com maestria, André confirmou e ajudou a quebrar os adversários, marcando 7/5 na primeira parcial.

Já na segunda, Cuevas e Marrero subiram seu nível de jogo e conseguiram uma quebra no saque do inglês para empatar em 6/3. No match tiebreak, Sá e Inglot estiveram atrás na maior parte do tempo, mas no final conseguiram uma grande virada para vencer por 11-9.

Nas semifinais, a única dupla que não é cabeça de chave terá de encarar a parceria número um do mundo, formada pelos franceses Pierre-Hughes Herbert e Nicolas Mahut.