Cilic elimina Djokovic em Paris e deixa Murray a duas vitórias do número um mundial

Croata venceu pela primeira vez em quinze confrontos contra o atual líder do ranking

Cilic elimina Djokovic em Paris e deixa Murray a duas vitórias do número um mundial
(Foto: Reuters)
Novak Djokovic
0 2
Marin Cilic

Aconteceu o menos provável. Pela primeira vez em quinze confrontos, Marin Cilic (#10) conseguiu hoje uma grande vitória contra o sérvio Novak Djokovic, líder do ranking mundial. Com as parciais de 6/4 e 7/6 (2), o croata conseguiu avançar para as semifinais do Masters 1000 de Paris.

Quem ficou feliz com o resultado foi o britânico Andy Murray (#2). Agora, tudo que ele precisa é vencer Tomas Berdych Milos Raonic ou Jo-Wilfried Tsonga para, pela primeira vez em sua vida, tomar a liderança do ranking mundial.

Cilic saca bem e fecha set com chave de ouro

Saindo em desvantagem de 0/2, parecia que Marin não teria um bom dia na Accor Hotels Arena, em Bercy. Atropelado nos primeiros games, o croata teve de buscar forças mentais para quebrar Djokovic logo na sequência, empatando em 2/2.

Com dores no cotovelo, Novak tinha dificuldades em seu segundo serviço, também não conseguindo devolver os primeiros saques de Cilic

Quando o set chegou em 4/4, o croata acelerou na partida, chegando a vencer seis pontos seguidos, pressionando o melhor do mundo. Usando o forehand com inteligência, Marin deslocou o sérvio e forçou seu erro, que decidiu o primeiro set por 6/4.

Djokovic salva match points, mas sucumbe no tiebreak

A segunda parcial do jogo foi tensa, com ritmo parecido com a primeira. Após confirmar o serviço, Cilic viu-se a frente com 1/0 e 0-30, podendo conseguir importante vantagem logo no começo. Porém, Djokovic foi inteligente, virou o game e mostrou que estava ligado na partida.

Muito equilibrado, o jogo continuou a ter longas trocas no fundo da quadra. Estando mais pressionado, Novak teve de encarar dois match points em seu próprio saque, com o placar de 4/5. Mesmo assim, o líder do ranking mostrou seu diferencial, venceu dois grandes pontos e chamou a torcida.

O set seria decidido no tiebreak. Após perder o primeiro ponto, Marin desequilibrou com seu forehand, forçando Djokovic a usar muitos slices e bater esquerdas desequilibrado. Com mais um winner de forehand, Cilic fechou o tiebreak em 7-2 e levou a vitória.