Cilic passa sufoco mas vence Delbonis na primeira Final da Copa Davis

Croata teve boa performance no começo do jogo e no set final. Delbonis conseguiu equilibrar a partida em 2/2 mas acabou sucumbindo aos próprios erros

Cilic passa sufoco mas vence Delbonis na primeira Final da Copa Davis
Foto: Davis Cup / Diulgação
Marin Cilic
3 2
Federico Delbonis
Marin Cilic: Marin Cilic; Ivo Karlovic; Ivan Dodig; Franki Skugor. TEC: Zeljko Krajan
Federico Delbonis: Juan Martin Del Potro; Federico Delbonis; Guido Pella; Leonardo Mayer. TEC: Daniel Orsanic

A Arena Zagreb, na capital da Croácia, é o local onde está sendo realizada a final da Copa Davis 2016 entre os anfitriões e argentinos. Ambos os times vem de campanha muito boa neste ano e chegam nesta final credenciados a ganharem o título. Os Hermanos tem em Juan Martin Del Potro grande esperança e boa fase de tênis. Já pelos lados croatas, a força do time como um todo ajuda e muito, tendo Cilic, Dodig, Karlovic e Skugor como os componentes desta final.

O 1º jogo do dia foi entre Marin Cilic e Federico Delbonis, atualmente 6º e 41º colocados no ranking mundial da ATP, respectivamente. Eles já se enfrentaram antes, porém apenas no circuito profissional da ATP, sendo 2 vezes: em 2012 em Hamburgo e este ano em Genebra, ambos sendo no saibro e com Cilic vencendo por 2 sets a 0.

Os 2 primeiros sets foram vencidos por Cilic, porém de maneira bem distinta e que colaboraram para resultados diferentes nos sets seguintes. No 1º, além dos 5 aces do croata, Federico errou mais (cometeu 20 sendo forçados ou não), além de ter um aproveitamento em seu saque um pouco menos, sendo suficiente para sofrer uma quebra, que deu a vantagem no set para Cilic fechar em 6/3.

Já no 2º, o argentino começou melhor e até chegou a ter um número de erros menor que seu adversário (24 a 23 forçados ou não), porém Cilic com apoio da torcida conseguiu buscar resultados desfavoráveis em seu saque e ainda chegou a única quebra de saque do set, novamente lhe dando a vantagem para enfim fechar a parcial em 7/5.

Com a melhora de Delbonis em quadra, o 3º set foi relativamente parecido com o 1º, porém tendo o argentino errando um pouco menos e aproveitando os momentos em que precisava atacar, além de ter um aproveitamento de saque melhor que Cilic, colocando 69% do 1º serviço em quadra, frente a apenas 30% do croata. Série encerrada em 6/3 para Delbonis.

O 4º set foi talvez o mais estranho e diferente do jogo, tendo Delbonis dominado do início ao fim. Teve 3 oportunidades de quebrar o saque de Marin e conseguiu converter todas. Ambos os serviços tendo bom aproveitamento na quadra, além do croata errar bem mais não apenas que seu adversário, mas errar bem mais do que todo o jogo até então (16 contra 8 de Delbonis). Em pouco tempo o argentino empata a partida em 2/2 marcando 6/1 neste set.

O set decisivo teve a volta do Cilic do ínicio do jogo, mais focado e motivado, e usando bem seu saque. Apesar de aplicar apenas 1 ace, teve melhor aproveitamento dos pontos jogados tanto em 1º quanto em 2º serviço. Mas neste set, o que decidiu mesmo foram os erros de Delbonis, tendo um total de 28 erros, frente a apenas 11 de Cilic, que ainda quebrou 2 vezes o serviço do argentino, e assim fechando a série em 6/2 e assim o jogo, em total de 3h30 em quadra.

Delbonis volta à quadra no domingo contra Ivo Karlovic caso seja necessária a 5º partida para decisão da Davis. Cilic volta no domingo no jogo 4 contra Juan Martin Del Potro, podendo ser o jogo decisivo dependendo de quem ganhar nas duplas no sábado.