Em jogo disputado, Rexona-Sesc perde para Pomi Casalmaggiore e se complica no Mundial

Vencendo no tie-break, equipe italiana soube explorar os erros das brasileiras, que agoram terão um jogo decisivo contra o Eczacibasi VitrA

Em jogo disputado, Rexona-Sesc perde para Pomi Casalmaggiore e se complica no Mundial
(Foto: Reprodução/FIVB)

Nesta quarta-feira (19), Rexona-Sesc e Pomi Casalmaggiore se enfrentaram pela segunda rodada do Mundial de clubes de vôlei feminino. Vindo de vitória por 3 sets a 0 sobre o PSL All  Stars na estreia - equipe anfitriã da competição, o Rexona queria comprovar seu favoritismo contra o adversário italiano e garantir vaga na semifinal do torneio.

Em situação distinta, o Pomi Casalmaggiore precisava vencer para se recuperar na campeonato. Após uma derrota também por 3 sets a 0 contra a equipe turca Eczacibasi VitrA Istanbul em sua estreia, o time italiano prometia não facilitar para as brasileiras neste segundo jogo.

Assim se cumpriu. Em um jogo bastante disputado, com direito a virada e set desempate, o Rexona-Sesc foi guerreiro e chegou a ter três match points no tie-break. Porém, permitiu a virada do Casalmaggiore e agora terá uma decisão contra a difícil equipe do Eczacibasi VitrA. A partida acontecerá na madrugada desta quinta-feira (20), às 3h da manhã (horário de Brasília).

O Jogo 

Com uma defesa consistente, o time do Rexona não teve dificuldades para vencer o primeiro set. Apostando nos contra ataques e mostrando concentração, as meninas fecharam em 25 a 17, com a líbero Fabi sendo o destaque do início da partida. Na segunda parte o cenário mudou, errando os ataques e sem força no bloqueio, a equipe do técnico Bernardinho permitiu que as italianas empatassem o jogo, assim fechando em 25 a 20 o segundo set.

Após vencer seu primeiro set na competição, o Pomi Casalmaggiore se aproveitou do melhor momento na partida para implementar sua tática que deu certo na segunda parte. Apesar das brasileiras começarem o terceiro set muito bem, chegando a fazer 4 a 0 no início, voltaram a errar muito no ataque e permitiram que a equipe italiana explorasse as diagonais, e assim virasse a partida, fechando o set também em 25 a 20.

Sem poder mais errar, o Rexona-Sesc precisava se recuperar e voltar a atuação do primeiro set. Começando mal, as brasileiras perdiam por 8 a 4 quando a ponteira Gabi apareceu no jogo e passou a ser o destaque da equipe. Com bons saques e com bloqueio voltando a funcionar, o time do Rio reagiu e empatou a partida, fechando o set em 25 a 19 e levando o jogo para o tie-break.

No set desempate, a equipe representante brasileira no Mundial feminino mostrou que queria confirmar sua segunda vitória seguida. Em um set 'tiro curto' e muito disputado, o Rexona novamente teve bom poder de reação, buscou o resultado e chegou e ter três match points, mas não resistiu e sofreu sua primeira derrota na competição. A partida terminou em 3 sets a 2  para o Casalmaggiore, parciais: 17-25, 25-20, 25-20, 19-25, 18-16.

Pelo grupo B

Na outra partida de hoje, pelo grupo B o Volero Zürich venceu por 3 sets a 0 o Hisamitsu Springs Kobe. O jogo terminou rápido, pois o time russo fechou as parciais em 25-19, 25-15 e 25-17.