Superliga 2016/17 VAVEL: Pinheiros/Klar

Tradicional equipe nos esportes olímpicos, o Pinheiros/Klar nunca passou das semifinais na Superliga e vai tentar o feito inédito numa mescla entre jovens e experientes nesta temporada

Superliga 2016/17 VAVEL: Pinheiros/Klar
Arte VAVEL Brasil

Sediado na rua Hans Nobiling em São Paulo, o Esporte Clube Pinheiros é uma das mais tradicionais instituições esportiva no que diz respeito aos esportes olímpicos. No que diz respeito ao vôlei são 22 anos disputando a Superliga de forma initerrupta, desde a temporada 1994/1995.

A parceria com a empresa Klar para formar assim o Pinheiros/Klar veio a pouco tempo, na temporada passada, desfazendo o nome Pinheiros/Mackenzie. Foram 4 anos sem patrocinador master e consequente maior poder de investimento na equipe.

Na história são poucas conquistas se comparado ao tempo longo de atividade, "apenas" 10 títulos, entre eles o hexacampeonato paulista, 1 Salonpas Cup e também uma Copa Brasil conquista em 2015. Na Superliga sua melhor colocação foi durante a temporada 2007/2008, chegando ao 3º lugar.

Classificando se aos playoffs como 8ª equipe com campanha de 9 vitórias e 13 derrotas, o Pinheiros foi eliminado na temporada passada pelo campeão Rexona logo na primeira fase de pós temporada, ocupando a mesma oitava colocação obtida anteriormente.

Algumas peças que formavam a equipe acabaram saindo no final do ano, nomes como Juma, Clarrise, Lara,Letícia Hage e as aposentadas Verê e Fofinha. Ainda complementam essa lista, Paula, Angélica e Suelle que foram atuar em outras franquias.

Vieram reforços da argentina olímpica Mimi Sosa e as ponteiras Jú Nogueira e Vanessa Janke, vindas da equipe Rio do Sul/Equibrasil, a central Milka ex-São Bernardo, a oposta Bárbara do Brasília e a ponteira Suelle, ex-Vôlei Nestlé.

O time comandado por Paulinho terá as seguintes jogadoras à disposição: Ju Paes, Ananda, Mimi Sosa, Maíra, Barbara, Adriani, Vanessa,Suelle, Lays, Lana, Bruninha, Milka, Letícia, Jú Nogueira e Tanya Acosta