Campinense
1
2
Flamengo

Flamengo vence de virada o Campinense, mas não evita jogo de volta

image
Flamengo e Campinense fizeram bom jogo em Campina Grande

image Luan Claudio

Rubro-negro carioca contou com dois gols de falta de Renato Abreu para vencer por 2 a 1 (Foto (Reprodução/UOL)

Nesta quarta-feira (1), Flamengo e Campinense jogaram em Campina Grande pela segunda fase da Copa do Brasil. O rubro-negro carioca saiu atrás no placar, mas com dois gols de falta de Renato Abreu, virou o jogo e conseguiu vencer. O resultado de 2 a 1 não adiou o jogo de volta e o Fla jogará pelo empate no Rio de Janeiro.

Campinense e Flamengo nunca haviam se enfrentado antes em jogos oficiais. No rubro-negro carioca, Jorginho escalou o mesmo time que vinha jogando, pois não teve nenhum desfalque para a partida. No time paraibano, o treinador Oliveira Canindé contou com o retorno do meia Bismarck, camisa 10 do time e que não vinha atuando no campeonato paraibano.

O jogo começou movimentado e logo aos 5 minutos o Campinense abriu o placar. Jefferson Maranhense arriscou de longe, a bola desviou em Renato Santos, enganou o goleiro Felipe e entrou. 1 a 0. O Flamengo só respondeu aos 17 minutos, em cobrança de falta de Renato Abreu que explodiu no travessão. A partir daí o time carioca melhorou e passou a atacar mais. Até que aos 27, em nova cobrança de falta de Renato, o Fla empatou. O chute foi forte, mas o goleiro Pantera deu uma grande colaborada. 1 a 1.

Após o empate, o Flamengo diminuiu o ritmo e passou a tocar a bola com pouca objetividade. O Campinense também teve muitas dificuldades para criar, pois o time carioca marcava forte a saída de bola e dava poucos espaços. O jogo seguiu em ritmo cadenciado e o placar não foi alterado até o intervalo.

Para o segundo tempo, Jorginho colocou Luiz Antônio no lugar de Amaral e deixou o Flamengo ainda mais ofensivo. Oliveira Canindé também fez mexidas no Campinense, mas somente trocou peças das mesmas posições. O time carioca quase virou a partida logo no primeiro tempo, mas Renato Abreu, na marca do pênalti, finalizou por cima do gol.

Aos 9 minutos, o Flamengo perdeu grande chance. Léo Moura tabelou com Hernane, arrancou, mas na cara do gol, acabou mandando pra fora. A virada do rubro-negro carioca só veio aos 14 minutos. Renato Abreu, em mais uma cobrança de falta, mandou no ângulo de Pantera e fez 2 a 1. O Campinense chegou com perigo aos 28 minutos, mas Felipe fez boa defesa em chute cruzado de Luiz Paulo.

Nos minutos finais o Flamengo pressionou em busca do terceiro gol, que eliminaria o jogo da volta, mas não conseguiu. O Campinense conseguiu segurar a pressão e os dois times voltarão a campo no próximo dia 15 de maio e a partida poderá ser no Maracanã, mas o local ainda não está definido.