Em jogo abaixo da expectativa, Michigan vence Syracuse e fará a final com Louisville
(Foto: Chris Keane / Reuters)

Quando Michigan e Syracuse entraram na quadra, o que se esperava era um duelo espetacular entre as duas grandes estrelas das duas equipes: os armadores Trey Burke - de Michigan - e Michael Carter-Williams, de Syracuse. Entretanto, ambos sairam de quadra com atuações decepcionantes e que refletiram no placar baixo da partida (61 a 56 para Michigan). Carter-Williams deixou a quadra antes do final da partida, por excesso de faltas, e anotou míseros 2 pontos com um aproveitamento de 1-6 nos arremessos de quadra. Burke anotou 7 pontos, com um aproveitamento de 1-8 nos arremessos.

Entretanto, não faltou emoção na partida, que só foi decidida na última bola e, se as estrelas não brilharam, ficou para os coadjuvantes a missão de conduzirem a sua equipe. Pelo lado dos Wolverines, os destaques foram: Mitch McGary, Glenn Robinson II e Tim Hardaway Jr. Por Syracuse, quem brilhou foi o ala-pivô C.J. Fair. Se aproveitando da marcação por zona do adversário, Michigan começou a partida castigando o adversário com bolas de longa distância e abriu boa vantagem na primeira etapa, indo para o intervalo 11 pontos a frente.

Já na segunda etapa, a equipe parecia estar muito acomodada com a boa vantagem que havia conquistado e deixou Syracuse encostar no placar e fazer a diferença chegar em apenas um ponto faltando 40 segundos para o final da partida. Foi quando os Oranges mandaram Trey Burke para a linha do arremesso livre, aonde o armador converteu apenas um dos dois arremessos, deixando a vantagem em uma posse de bola. Na jogada seguinte, a arbitragem marcou falta ofensiva polêmica do ataque de Syracuse, o que devolvou a bola para Michigan, que abriu 3 pontos de vantagem, faltando 15 segundos pro final.

Quando uma bola de três para empatar o jogo e levá-lo para a prorrogação parecia o mais óbvio para Syracuse, a equipe tentou fazer diferente e colocar uma bola rápida de dois. Porém, Trevor Cooney desperdiçou a jogada e deu a vitória para os Wolverines. Agora, Michigan enfrentará Louisville na grande final da NCAA, nesta segunda-feira, às 22 horas, horário de Brasília.

VAVEL Logo