Novamente dominante, Spurs bate Lakers e abre 2 a 0 na série

A segunda partida da série entre Los Angeles Lakers e San Antonio Spurs aconteceu na noite desta quarta-feira (24), novamente no Texas e com os mesmos moldes do primeiro cotejo. O resultado não poderia ser diferente: vitória tranquila da equipe do Texas por 102 a 91.

No primeiro período, o destaque do time da casa na temporada, Tony Parker, não conseguia furar a consistente marcação exercida por Steve Blake e conseguiu apenas quatro pontos com apenas um arremesso de quadra convertido. Por isso, novamente o experiente Tim Duncan - que completa 37 anos amanhã - chamou a reponsabilidade e ao lado do jovem Kawhi Leonard comandou a equipe no primeiro quarto (14 dos 28 pontos anotados pela dupla). Dwight Howard anotou sete pontos, Steve Blake contribuiu com seis e a equipe californiana terminou apenas cinco pontos atrás.

O jogo se equilibrou no segundo quarto. Steve Nash, apagado na série até então, participou ativamente de 12 dos primeiros 14 pontos da equipe (pontuando ou dando assistências). O Lakers encostava no marcador, mas assim como no primeiro confronto, os fatores banco e técnico foram fundamentais para a manutenção da vantagem texana. Nos últimos 3 minutos, Manu Ginóbili e Matt Bonner aproveitaram a fragilidade da defesa de Los Angeles (sem Dwight, na reserva com três faltas, e sem um jogador de perímetro capaz de contestar Manu) e combinaram para 11 pontos sendo nove em bolas de três. Vantagem de 56-48 para o Spurs no intervalo.

O terceiro quarto teve um dono: Tony Parker. O armador francês, que anotou apenas 4 pontos no primeiro tempo, deslanchou com 15 pontos (5-9 nos arremessos e 5-6 nos lances livres) e liderou a equipe de San Antonio a mais uma vitória parcial, 22 a 20. Dwight Howard cometeu a quarta falta antes da metade do período e novamente foi para o banco, dando lugar para Antawn Jamison, que pouco produziu tanto ofensiva quanto defensivamente e mais uma vez Los Angeles ficou só no quase. Spurs na frente por 10.

Com apenas 2 arremessos convertidos em 5 tentados e 4 perdas de bola nos primeiros minutos da última parcial, o Lakers viu o Spurs abrir 14 e logo em seguida Howard ficar pendurado com cinco faltas. A equipe estava atordoada e o nocaute veio com uma bola de três de Matt Bonner a seis minutos do fim deixando a vantagem em 17 pontos e matando qualquer tentativa de reação dos comandados de Mike D'Antoni. O lado positivo esteve na volta antecipada do ala/pivô Jordan Hill - fora desde janeiro com uma lesão no quadril - que jogou apenas seis minutos e terminou com dois pontos e três rebotes. 

Na próxima sexta-feira (26), a  série se muda para Los Angeles, aonde o Lakers irá buscar uma improvável reviravolta sem Kobe Bryant para continuar vivo nos Playoffs.

Destaques:

Tony Parker 28 pontos, 7 assistências, 0 turnovers

Kawhi Leonard 18 pontos, 7 rebotes (8-12 FG)

Tim Duncan 16 pontos, 5 rebotes

Manu Ginóbili 13 pontos, 7 assistências, 5 rebotes (19 minutos em quadra)

Steve Blake 16 pontos, 6 rebotes

Dwight Howard 16 pontos, 9 rebotes, 4 bloqueios (7-12 FG)

VAVEL Logo