Soberanos, Duncan e Parker comandam massacre em Los Angeles
Parker e Duncan: dupla magnífica

O Los Angeles Lakers entrou em quadra na noite desta sexta-feira (26) tentando diminuir a desvantagem na série pra 2-1. Sem sucesso. Sem Steve Blake, Steve Nash, Jodie Meeks, além de Kobe Bryant, a equipe californiana sofreu a pior derrota na história dos playoffs: 120 a 89 para os Spurs - 31 pontos de diferença.

Com os desfalques, Mike D'Antoni foi obrigado a utilizar Darius Morris e Andrew Goudelock como titulares - ambos juntos haviam jogado apenas 15 minutos em playoffs na carreira. Entretanto, ambos surpreenderam ofensivamente e não decepcionaram: combinaram para 44 dos 89 pontos do Lakers na partida. O espanhol Pau Gasol conseguiu um triplo-duplo com 11 pontos, 10 assistências e 13 rebotes. Dwight Howard também teve números expressivos: 25 pontos, 11 rebotes e 2 bloqueios.

Apesar das boas atuações individuais, o Lakers esbarrou nos já conhecidos e fatais problemas: defesa fraquíssima e elenco limitado. Fatores que pesam ainda mais contra um time tão organizado no ataque e na defesa como o San Antonio Spurs. Sem ninguém capaz de pará-los, Tim Duncan e Tony Parker mostraram porque tem 4 MVP's (Jogador mais valioso) das finais combinados no currículo e juntos anotaram 46 pontos, 10 assistências, 13 rebotes e um inacreditável aproveitamento nos arremessos de quadra: 21 acertos em 30 tentativas. O banco da equipe anotou 40 pontos contra míseros 9 do adversário. Vantagem texana também em pontos de contra-ataque, rebotes, assistências, aproveitamento de lances livres e arremessos de quadra, bloqueios, roubadas e bolas de três. 

Tais dados retratam o jogo e a série até agora: supremacia total do Spurs, que está a uma vitória de avançar pra segunda rodada dos playoffs. O destaque negativo da partida foi a lesão de Tiago Splitter no terceiro período com uma torção no tornozelo. Segundo informações da equipe ele ficará de fora entre 7 e 10 dias.

Destaques

Tim Duncan (SAS) 26 pontos, 9 rebotes (12-14 FG)

Tony Parker (SAS) 20 pontos, 7 assistências (9-14 FG)

DeJuan Blair (SAS) 13 pontos, 7 rebotes (6-6 FG, 14 minutos)

Andrew Goudelock (LAL) 20 pontos

Darius Morris (LAL) 24 pontos, 6 assistências

Pau Gasol (LAL) 11 pontos, 10 assistências, 13 rebotes

Dwight Howard (LAL) 25 pontos, 11 rebotes.

VAVEL Logo