Brooklyn Nets vence o Chicago Bulls e ainda se mantém vivo nos playoffs
  1 2 3 4 Total
Chicago Bulls 21 23 29 18 91
Brooklyn Nets 26 26 25 33 110

Abrindo a rodada de segunda-feira (29) nos Playoffs da NBA, o Brooklyn Nets recebeu o Chicago Bulls e contou com belas atuações de Brook Lopez e Deron Williams para conquistar a vitória por 110 a 91 e diminuir a série para 3 a 2, forçando a sexta partida, em Chicago, na próxima quinta-feira (02).

Vindo de uma derrota doída no jogo quatro, depois de três prorrogações, o Nets demonstrou excelente preparo psicológico e uma rápida superação do resultado negativo. A equipe começou dominando o garrafão e teve em Brook Lopez a sua principal figura no primeiro período. O pivô anotou 11 pontos e pegou três rebotes ofensivos durante o primeiro quarto, vencido pelos nova iorquinos por 26 a 21.  Pelo lado do Bulls, Nate Robinson não conseguiu repetir a espetacular atuação da última partida, mas foi o principal jogador de Chicago.

No segundo quarto, o armador anotou 5 pontos, que não foram suficientes para ajudar o Bulls, pois o garrafão era muito ineficiente e cedia muitos rebotes ofensivos para o Nets – foram 14 para Brooklyn no primeiro tempo, contra apenas 6 dos visitantes. Contando com os rebotes de ataque e com mais um quarto consistente de Brook Lopez, o Brooklyn venceu o período por 26 a 23 e foi para o intervalo com vantagem de 52 a 44.

Na única parcial vencida pela equipe de Chicago, os destaques ficaram por conta dos dois armadores. Nate Robinson anotou seis pontos e deu três assistências, que se transformaram em mais sete. Enquanto isso, Deron Williams decidiu assumir o comando da equipe mandante e marcou 11 pontos no período, vencido pelos Bulls por 29 a 25.

Com a diferença em apenas três pontos, o último quarto prometia fortes emoções. Quando Nate Robinson diminui ela para um, tudo indicava que as emoções viriam. Entretanto, o domínio de Brooklyn no garrafão fez a diferença mais uma vez. O ala-pivô Andray Blatche anotou três cestas consecutivas e aumentou a vantagem para cinco pontos.

Deron Williams e Brook Lopez continuaram trabalhando e a diferença ficou em oito pontos, faltando menos de três minutos para o final. Uma sequência de boas defesas e uma bola de três de Gerald Wallace foram o suficiente para o Nets matar a partida com pouco menos de dois minutos por jogar. A vitória por 110 a 91 (33 a 18 no período), mantém o Brooklyn Nets vivo na disputa por uma vaga na próxima fase.

VAVEL Logo