Guia VAVEL da NBA 2015/16: Sacramento Kings
(Foto: Hugo Alves/ Editoria de Arte VAVEL)

No início dos anos 2000, o Sacramento Kings era um dos grandes concorrentes na Conferência Oeste da NBA. Entretanto, com o passar dos anos, a franquia acabou enfraquecendo e nos últimos anos tem feito péssimas campanhas. Na temporada 2014/15, por exemplo, teve a sexta pior campanha da temporada com 29 vitórias e 53 derrotas. O ponto positivo foi DeMarcus Cousins, que conseguiu se destacar e foi chamado para o All-Star Game pela primeira vez.

Mas, a temporada 2015/16 promete ser diferente para os fãs do Sacramento Kings. Além de Cousins, a franquia contratou grandes nomes como o armador Rajon Rondo, o ala-armador Marco Belinelli e o pivô Kosta Koufos. No draft, a equipe californiana selecionou na 6ª pick o jovem Willie Cauley-Stein, um exímio marcador que teve grande destaque nos três anos de NCAA defendendo Kentucky.

Depois de muitos anos, o Sacramento Kings formou um time competitivo. Será que conseguirá vaga nos playoffs?

- O que esperar nesta temporada?

Com os bons reforços adquiridos nesta temporada, somando ao talento de DeMarcus Cousins, espera-se que o Sacramento Kings retorne aos playoffs da Conferência Oeste depois de alguns anos fazendo péssimas campanhas.

Ao final da temporada 2014/15, oito jogadores deixaram a franquia. Foram eles: Andre Miller (armador, Minnesota Timberwolves), Derrick Williams (ala-pivô, New York Knicks), Carl Landry (ala-pivô, Philadelphia 76ers), Nik Stauskas (ala-armador, Philadelphia 76ers), Jason Thompson (ala-pivô, Golden State Warriors), Ray McCallum (armador, San Antonio Spurs), Ryan Hollins (pivô, Memphis Grizzlies) e Reggie Evans (ala-pivô, sem time). Porém, oito jogadores chegaram para reforçar a equipe: Rajon Rondo (armador, ex-Dallas Mavericks), Marco Belinelli (ala-armador, ex-San Antonio Spurs), Kosta Koufos (pivô, ex-Memphis Grizzlies), Caron Butler (ala, ex-Detroit Pistons), James Anderson (ala-armador, ex-Zalgiris Kaunas/LIT), Quincy Acy (ala-pivô, ex-New York Knicks), Duje Dukan (ala-pivô, sem time) e Seth Curry (armador, sem time).

Além dos reforços de peso como Rajon Rondo e Marco Belinelli, que já tiveram passagens vitoriosas por Boston Celtics e San Antonio Spurs, respectivamente, o Kings draftou o bom jovem atleta de Kentucky, Willie Cauley-Stein. Esses talentos se juntam a Rudy Gay e DeMarcus Cousins.

- Como foi a temporada anterior?

O Kings até que começou a temporada bem, frequentando a zona de classificação para os playoffs. Entretanto, após DeMarcus Cousins pegar uma meningite viral, que fez ele desfalcar a equipe por dez jogos, a equipe entrou numa sequência de queda que acabou culminando com a demissão do treinador Mike Malone.

DeMarcus Cousins retornou e continuou jogando em alto nível, tanto é que conseguiu vaga no All-Star Game pela primeira vez na carreira. Mas não foi o suficiente para fazer o Sacramento subir na tabela. A equipe só foi melhorar quando George Karl, atual técnico, assumiu o comando. O Kings terminou com uma das piores defesas da liga.

- Quem é o craque?

DeMarcus Cousins, pivô

Na temporada 2014/15, DeMarcus Cousins foi um dos melhores pivôs da NBA. Fez parte do All-NBA Second Team e chegou a ser eleito o Player of the Week da Conferência Oeste na semana de 17 de novembro a 23 de novembro.

Cousins, pela primeira vez, foi chamado para o All-Star Game. O pivô do Kings teve médias de 24,1 pontos, 12,7 rebotes, 3,6 assistências, 1,7 blocks, 1,5 roubadas e liderou a liga em faltas com média de 4,1 por jogo.

- Fique de olho

Rajon Rondo, armador

Rajon Rondo é um armador conhecido por seu talento em seus passes, sua ótima visão de jogo e sua marcação. Fez sucesso no Boston Celtics onde foi campeão da NBA em 2008 e vice-campeão em 2010. Entretanto, após deixar a franquia de Boston rumo à Dallas, não obteve sucesso. No Mavericks, Rondo foi uma aposta sem sucesso, e seu temperamento fez com que conflitasse com Monta Ellis e o treinador Rick Carlisle.

Após o fracasso em Dallas, Rondo tenta buscar sucesso em Sacramento. O armador já foi elogiado pelo craque da equipe, DeMarcus Cousins, que o chamou de gênio.

- Arena da equipe

A Sleep Train Arena é a casa do Sacramento Kings. Localizada em Sacramento, na California, tem capacidade para 17,317 pessoas em jogos de basquete.

VAVEL Logo