Guia VAVEL da NBA 2015/2016: Phoenix Suns
(Foto: Hugo Alves/ Editoria de Arte VAVEL)

Grandes times já passaram pelas quadras do Arizona, mas nos últimos anos com a saída de Steve Nash e posteriormente Amar’e Stoudemire, fizeram com que o Phoenix Suns deixasse de ser protagonista na NBA. Agora a equipe tenta novamente garimpar joias no Draft e com um elenco jovem, retornar para os playoffs.

O QUE ESPERAR NESSA TEMPORADA?

Para a temporada de 2015/16, o time trouxe algumas peças pontuais para o elenco, como o experiente pivô Tyson Chandler, o americano Sonny Weems que estava no basquete europeu, além de trazer TJ Warren da D-League. O treinador Jeff Hornacek sabe que terá a bola nas mãos de Brandon Knight e Eric Bledsoe na maior parte do tempo e dessa vez não quer ver a vaga nos playoffs escapar.

COMO FOI A TEMPORADA ANTERIOR?

Na última temporada a equipe do Phoenix Suns chegou a ter perspectiva de playoffs, porém as atuações inconstantes da equipe, somados a intensa disputa da Conferência Oeste e a reformulação do elenco, fizeram com que a franquia caísse na tabela e terminasse a fase de classificação com 39 vitórias e 43 derrotas, ficando apenas na 10ª colocação.

QUEM É O CRAQUE?

Foto: Getty Images

Está nítido que Eric Bledsoe é em quem a alta cúpula do Suns confia para a armação do time, pois foi o único armador titular não negociado na última temporada. Bledsoe deverá ser peça chave no ataque dos Suns, conhecido por se estilo explosivo e veloz, o armador consegue cruzar a quadra em poucos segundos, principalmente em contra-ataques. Suas infiltrações também abrirão espaços para os chutes de fora do perímetro.

FIQUE DE OLHO

Foto: Getty Images

A esperança em Phoenix tem nome, Brandon Knight. O armador pouco fez no ano passado, pois foi trocado já no fim da temporada, mas já deu sinais que deve comandar a equipe dentro de quadra. Knight já era um ótimo prospecto na Universidade, mas nunca teve um time que depositasse a confiança em si, como fazem no Phoenix Suns. Na pré-temporada os números do armador foram de 10.7 pontos e 3.8 assistências por jogo.

GINASIO DA EQUIPE

O Talking Stick Resort Arena é a casa do Phoenix Suns nessa temporada. A arena recebe o time desde 1992 e tem capacidade para 18,055 espectadores quando utilizado para o basquete. A arena também é a casa de outros dois times das grandes ligas, o Phoenix Coyotes da NHL e o Phoenix Mercury da WNBA, além de constantemente sediar as fases finais da NCAA.

VAVEL Logo