North Carolina e Gonzaga decidem título nacional do basquete universitário
Foto: Editoria de Arte/VAVEL Brasil

A temporada 2016/17 do basquete universitário norte-americano está chegando ao fim. Na noite desta segunda-feira (3), às 22h (de Brasília), em Phoenix, no Arizona, North Carolina Tar HeelsGonzaga Bulldogs decidem quem leva o título de campeão do Final Four.

O North Carolina chega com mais responsabilidade e como o grande favorito ao título nacional. Pela 11ª vez estão na decisão nacional e buscam o sexto título pelo segundo ano consecutivo - em 2016 terminaram com o vice-campeonato para o Villanova Wildcats no último arremesso.

Já o Gonzaga Bulldogs, apesar de não ter a grande tradição do North Carolina, chega à final com grandes chances de conquistar o inédito título nacional. Os Bulldogs disputam o Final Four pela primeira vez na história.

O caminho de North Carolina até a final:

Um dos grandes favoritos no March Madness, o North Carolina foi confirmando o favoritismo a cada jogo. Na primeira fase, atropelou com muita tranquilidade o Texas Southern por 103 a 64. Na segunda fase, venceu o Arkansas por 72 a 65 e garantiu a vaga no Sweet 16.

No Sweet 16 esperava-se que o North Carolina teria mais dificuldade diante da equipe de Butler. Mas nada disso. Venceram por 92 a 80 e avançaram para o Elite 8 pelo segundo ano seguido.

Na última fase antes do Final Four, o grande teste contra Kentucky, um dos favoritos a chegar na fase final do torneio da NCAA. Os Tar Heels conseguiram passar no teste e venceram por muito pouco, por 75 a 73, e avançaram para o Final Four pela 21ª vez na história.

Já pelo Final Four, o North Carolina tinha pela frente a boa equipe de Oregon. O jogo foi bastante equilibrado e decidido apenas no final, mas os Tar Heels conseguiram vencer por 77 a 76 e avançaram para a decisão nacional pela 11ª vez na história.

O caminho de Gonzaga Bulldogs até a final:

Na primeira fase do March Madness, os Bulldogs venceram o South Dakota State com facilidade, com diferença de 20 pontos (66 a 46). Na segunda fase, tiveram mais dificuldade mas conseguiram passar pelo Northwestern ao vencer por 79 a 73.

Depois de passar das duas primeiras fases, os Bulldogs chegaram ao Sweet 16 pelo terceiro ano seguido e venceram o West Virginia com muita dificuldade (61 a 58). O adversário no Elite 8 era a surpresa Xavier, que haviam atropelado o Florida State no Sweet 16. Mas, a equipe de Gonzaga não deu chance ao azar e atropelou por 83 a 59, avançando para o Final Four pela primeira vez na história.

Já no Final Four, na semifinal tiveram pela frente a zebra: a boa equipe de South Carolina, que eliminou todos os favoritos durante o March Madness. O jogo foi bastante equilibrado, mas os Bulldogs conseguiram vencer por 77 a 73, com grande atuação de Nigel Williams-Goss.

Fique de olho: Justin Jackson

O armador de North Carolina é grande destaque do time e foi um dos destaques na vitória sobre Oregon, na semifinal do Final Four, tendo anotado 22 pontos.

Justin Jackson liderou o time na temporada com média de 18.2 pontos por jogo. Além disso, possui médias de 4.7 rebotes, 2.8 assistências e 0.7 roubadas por jogo.

Fique de olho: Nigel Williams-Goss

O armador de Gonzaga é o grande destaque do time e liderou a equipe na vitória sobre South Carolina, na semifinal do Final Four, anotando 23 pontos, 5 rebotes e 6 assistências.

Nigel Williams-Goss liderou o time na temporada em pontos (16.7 por jogo), assistências (4.6 por jogo) e roubadas de bola (1.8 por jogo), além de ter a segunda maior média de rebotes (5.9 por jogo). 

 

VAVEL Logo