Em noite inspirada de Curry, Warriors atropelam Rockets e tomam frente na final do oeste

Em noite inspirada de Curry, Warriors atropelam Rockets e tomam frente na final do oeste

Com seu principal jogador "estreando" na série, Warriors não tomaram conhecimento do adversário e venceram com facilidade

JoaoMello95
João Alfredo Aurenção Pereira da Silva

Após ser derrotado de maneira convincente no jogo dois, a equipe de Golden State não tomou conhecimento do seu oponente. Na terceira partida da decisão da Conferência Oeste, nesse domingo (20) os comandados de Steve Kerr tiveram, até agora, a sua melhor atuação nessa série. Graças à implacável marcação, os coadjuvantes de Houston não foram capazes de contribuir e a equipe texana acabou sendo derrotada por 

A partida começou como as duas últimas, com os dois ataques levando ampla vantagem contra as defesas. Nessa igualdade ofensiva, a equipe de James Harden estava jogando de igual para igual com os atuais campeões da NBA, chegando até mesmo a estar vencendo pelo placar de 22 a 20, mas a partir do final do primeiro período, a equipe californiana pisou no acelerador e não olhou para trás, puxados por mais uma boa atuação de Kevin Durant. Por outro lado, Steph Curry ainda estava apagado, errando praticamente tudo que tentava. 

Com o desenrolar do confronto, as falhas que custaram ao time do Texas o primeiro confronto começaram a aparecer novamente. Sem as duas estrelas facilitando para os companheiros, Houston foi vítima das jogadas de um contra um, o que foi aproveitado e muito a vida da marcação. Sem uma avalanche de bolas de três, a vantagem foi ficando ainda maior, alcançando a marca dos 13 pontos e indo para o intervalo liderando por 11, mesmo com o aproveitamento de quadra não sendo dos melhores. 

No segundo tempo da partida, o maior pesadelo de Mike D'Antoni aconteceu: os Warriors voltaram a atuar como a equipe que é basicamente imbatível. Foi o famoso "abriu a porteira", e com o camisa 35 (Durant) no banco, foi a vez da face da franquia tomar conta. Curry passou de inexistente para dono do duelo.

Após ver seu primeiro arremesso de fora cair, o armador parecia o MVP das duas últimas temporadas. Se dessem o mínimo de espaço, fazia chover do perímetro, e quando tinha um marcador maior o defendendo, batia para dentro utilizando toda sua categoria para pontuar perto da cesta, terminando com 35 pontos

Para tentar responder, Chris Paul tentou revitalizar a alma do time ao marcar algumas bolas de três pontos, mas o time de Houston parecia anestesiado. Eric Gordon teve apenas 11 pontos enquanto Ariza e Tucker combinaram para apenas 12 e Harden parou nos com um aproveitamento terrível da linha dos três pontos, apenas 1/7. 

Destaques da partida:

GOLDEN STATE WARRIORS

Stephen Curry: 35 pontos, 6 rebotes. 

Kevin Durant: 25 pontos, 6 rebote, 6 assistências.

HOUSTON ROCKETS:

James Harden: 20 pontos, 9 assistências. 

Chris Paul: 13 pontos, 4 assistências, 10 rebotes. 

 

 

 

VAVEL Logo