Após ser varrido pelo Boston Celtics, Philadelphia 76ers demite técnico Brett Brown

Um dia após ser varrido por 4 a 0 pelo Boston Celtics na primeira rodada dos playoffs da Conferência Leste da NBA, o Philadelphia 76ers demitiu o técnico Brett Brown nesta segunda-feira (24).

“Tenho um enorme respeito por Brett, tanto pessoal quanto profissionalmente, e agradeço tudo o que ele fez pela organização 76ers  e pela cidade de Filadélfia”, disse Elton Brand, General Manager dos 76ers. “Ele fez muitas coisas positivas durante sua estadia aqui, desenvolvendo jovens  talentos e ajudando a posicionar  nossa  equipe por  três aparições consecutivas na pós-temporada. Infelizmente, ficou muito aquém dos nossos objetivos este ano e eu acredito  que é  melhor ir em uma nova direção. Esta será uma entressafra importante para nós, pois buscamos voltar aos trilhos em direção ao nosso objetivo de competir pelo título da NBA”, completou. 

Brett Brown foi nomeado técnico do Philadelphia 76ers há sete anos, onde conseguiu desenvolver jovens como Ben Simmons e Joel Embiid, no qual, hoje são estrelas da NBA e peças importantes no time.

Durante esse período, Brown levou a equipe que terminou na última colocação geral da NBA na temporada 2015-16 para os playoffs nas últimas três edições da competição. 

Com as chegadas do ala Tobias Harris, ex-Los Angeles Clippers e do ala-pivô Al Horford, ex-Boston Celtics, os 76ers foi nomeado como um dos favoritos para irem até a final da NBA. Com todo o favoritismo, a equipe não conseguiu se encaixar durante a competição. Passou boa parte da temporada na sexta posição.

Depois da paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus, o time venceu quatro e perdeu quatro nos oito jogos na bolha em Orlando, onde fechou a temporada regular com 42 vitórias e 30 derrotas. Sem o astro Ben Simmons e contra o forte Boston Celtics de Brad Stevens, a equipe caiu sem vencer um jogo na série, que foi finalizada em 4 a 0.

De olho no substituto!

Já pensando no próximo passo, o Philadelphia 76ers tem interesse em Ty Lue, hoje assistente técnico de Doc Rivers no Los Angeles Clippers. Lue foi campeão da NBA com o Cleveland Cavaliers na temporada 2015-16, que após sair perdendo por 3 a 1, virou a série contra o Golden State Warriors para 4 a 3 e garantiu o primeiro título na história dos Cavs.

VAVEL Logo