O novato do San Antonio Spurs, Victor Wembanyama,, fez sua estreia na NBA na última quarta-feira (25), e mostrou que o hype em torno dele é real. Segundo um post da própria NBA no X (anteriormente conhecido como Twitter), o jogo contra o Dallas Mavericks foi o jogo de abertura de temporada mais assistido na ESPN dos últimos 11 anos, com uma média de 2,99 milhões de espectadores.

Além disso, foi a abertura mais assistida entre todas as emissoras desde 2018, quando a partida entre Lakers e Rockets atingiu uma média de 3,36 milhões.

O duelo foi também o Spurs vs Mavs mais assistido da história em temporada regular (sem contar os jogos de Natal).

O francês ainda ajudou a aumentar a audiência das plataformas digitais da liga, sendo o jogador mais visto nas redes sociais da liga desde o início da pré-temporada e aumentando em 220% a audiência do Game Pass em relação à média da temporada passada.

Victor Wembanyama’s debut:

🏀 2.99M viewers

🏀 Most-watched Mavs/Spurs reg. season game on ESPN ever (non-Xmas)

🏀NBA League Pass viewership in France was up +220% vs. last year's regular season avg

🏀214M video views: most of any player on NBA social since start of preseason pic.twitter.com/tKHSFtLiyQ

  • O hype do jogador

Oficialmente medido em 2,26m calçado, a expectativa em torno de Victor Wembanyama foi comparada à de LeBron James.

O pivô de apenas 19 anos é completo, capaz de pontuar no garrafão ou arremessar do meio da quadra, e, na defesa, consegue marcar qualquer posição.

Para acrescentar às expectativas do jogador, ele ganhou o prêmio de MVP da liga doméstica francesa e levou seu time às finais.

Alguns dos jogos da temporada regular, além de todos os jogos dele nos playoffs, foram transmitidos no aplicativo oficial da NBA.

  • Estreia histórica

A primeira partida do garoto na liga pode não ter sido muito impressionante, com 15 pontos em 9 arremessos e 2 assistências, mas apresentou um paralelo formidável.

Isso porque Tim Duncan, lenda do Spurs, estreou com esses mesmos números há 26 anos, em 31 de outubro de 1997. Além disso, o garoto mostrou a que veio, bloqueando um arremesso de Kyrie Irving, uma das principais estrelas da NBA, nos primeiros minutos de jogo.

O jogo não começou bem, cometendo muitas faltas durante a partida, o pivô ficou pouco tempo em quadra nos primeiros três quartos. Quando voltou no começo do último, cometeu a quinta falta e teve que ser substituído novamente.

Mas Wembanyama mostrou sua habilidade com 9 pontos no último quarto, o que ajudou seu time a encostar no placar no final do jogo. Apesar disso, o adversário acabou prevalecendo devido à grande atuação de Luka Doncic, que conseguiu um triplo-duplo na partida.

A grande questão deixada na partida foi sobre o posicionamento do jogador que, apesar de ser o mais alto da liga (2,26m), foi colocado pelo técnico Gregg Popovich na posição de Ala-Pivô, ao lado de Zach Collins.

Novamente traçando um paralelo com Tim Duncan, o jogador também passou a carreira pré-NBA como pivô e, ao chegar na liga, foi colocado como ala-pivô, tornando-se um dos maiores da história na posição.

Resta saber se Victor conseguirá fazer jus às comparações com os grandes pivôs da história da franquia.