Lauri Markkanen, estrela da NBA e jogador do Utah Jazz, está sendo especulado em uma possível troca até o prazo final da temporada. Na última quinta-feira, o nome do atleta foi mencionado, e movimentações podem ocorrer nos próximos dias ou semanas.

De acordo com informações de Jake Weinbach, do site Hoops Habit, a campanha inicial ruim do Utah Jazz na NBA pode ser um dos motivos pela possível troca. Ainda segundo a fonte, a equipe projeta novos nomes para começar a reconstrução.

"Existe uma chance da organização cobrar caro nos seus veteranos para priorizar o longo prazo", explicou o jornalista. Lauri Markkanen está com 26 anos e vem da sua primeira temporada como All-Star.

Ele acrescentou que acredita que Markkanen é "um pouco mais velho que a janela desse time para o futuro" e afirmou que o jogador é o mais valorizado do time no mercado.

Markkanen tem tido boas médias de 23.7 pontos, 8.7 rebotes, 48.4% nos arremessos de quadra e 38.3% para três pontos. Porém, as estatísticas representam baixas em relação às do ano passados.

  • A ascenção de Lauri

O ala se tornou um All-Star na temporada passada, após ser trocado do Cleveland Cavaliers para o Utah Jazz no pacote que levou Donovan Mitchell para Cleveland.

Suas médias até a troca eram bem modestas, 15 pontos e 44% de aproveitamento em 30 minutos. Além disso, o jogador era bastante criticado por pegar poucos rebotes apesar da sua altura, 7 pés (2,13m; mais alto que Antetokounmpo, por exemplo), eram apenas 6 rrebotes de média.

Tudo mudou na off-season de 2022, o atleta disputou o Eurobasket, principal competição de seleções da Europa, pelo seu país natal, a Finlândia.

No torneio, o atleta teve marcas incríveis, chegando a fazer 43 pontos em um jogo, mas acabou caindo para a Alemanha nas Quartas de Final.

Apesar do bom desempenho na Europa, expectativa era que ele voltasse para a América para ser o jogador de rotação que habitualmente foi durante sua carreira.

Todavia, Markkanen despontou na próxima temporada, tendo a melhor marca de sua carreira em pontos, rebotes, bloqueios e tendo, também, a melhor eficiência de sua carreira.

O jogador foi selecionado com titular do All-Star Game, a primeira aparição de sua carreira. Apesar disso, o time não teve um bom desempenho, terminando a temporada com 37 vitórias em 12º segundo lugar da conferência oeste.

O time do estado de Utah decidiu, no final da temporada 2021-22, trocar suas principais peças e reconstruir o time. Eles vinham de um temporada em que caíram na primeira rodada e, uma anterior, em que foram os primeiros colocados da conferência e perderam nas semifinais de coonferência.

O time trocou suas duas principais estrelas Rudy Gobert e Donovan Mitchell para o Timberwolves e Cavaliers respectivamente. Além disso, mandaram Royce O'Neal para o Nets e Bogdan Bogdanovic para o Pistons.

Desde então têm juntado peças importantes na forma de jovens jogadores. Seus principais membros do núcleo jovem são, atualmente, Keyonte George e Walker Kessler.

Além disso, outras peças não tão jovens fazem parte do elenco da equipe, como Collin Sexton que chegou na troca de Mitchell e John Collins, que o time adquiriu do Hawks nessa off-season.

Apesar disso, o time não está vencendo suas partidas, até agora na temporada 2023-24 são 19 jogos e 6 vitórias. Nesse ritmo, o time conseguirá, aoenas, repetir o feito do ano passado, com 37 vitórias.