Basquete: tudo o que você precisa saber para o Rio 2016

Saiba tudo sobre um dos mais esportes mais jogados e amados com este guia preparado pela VAVEL Brasil

Basquete: tudo o que você precisa saber para o Rio 2016
Basquete: tudo que você precisa saber para o Rio 2016

Um dos esportes mais adorados no mundo, o basquete será uma das grandes atrações nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Pensando nisso, a VAVEL Brasil preparou um guia para lhe informar sobre tudo que você deve e precisa saber sobre este esporte tão jogado por todo mundo nestas Olimpíadas.

Inventado pelo professor de Educação Física canadense James Naismith, o basquete, ou basquetebol chamado por algumas pessoas, foi inserido nos Jogos Olímpicos modernos em Berlim 1936, mas apenas para a chave masculina. O basquete feminino entrou nos jogos apenas 40 anos depois, nos Jogos Olímpicos de Montreal, em 1976.

Local onde será realizado

Arena Carioca será o grande palco do basquete nas Olimpíadas (Foto: Beth Santos/Prefeitura do Rio de Janeiro)
Arena Carioca será o grande palco do basquete nas Olimpíadas (Foto: Beth Santos/Prefeitura do Rio de Janeiro)

O local onde serão realizados os jogos do esporte são dois. O primeiro é a Arena da Juventude, que será palco da primeira fase do basquete feminino. O segundo é a belíssima Arena Carioca 1, que será o grande "caldeirão" do esporte nestas olimpíadas, recebendo todos os jogos do basquete masculino, além da fase decisiva do feminino.

Campeões em Londres 2012

Norte-americanas foram imbatíveis em Londres (Foto: Getty Images)
Norte-americanas foram imbatíveis em Londres (Foto: Getty Images)

Como esperado em todos os jogos, o domínio norte-americano foi gigante nos Jogos Olímpicos Londres 2012. Começamos falando do basquete feminino, que foi totalmente arrasador. Os Estados Unidos estiveram no Grupo A em 2012, ao lado de Túrquia, China, República Tcheca, Croácia e Angola. Vencendo todos seus jogos por, no mínimo, 27 pontos de diferença, sendo um deles uma humilhação de 90 a 38 contra a Angola, as norte-americanas foram irreparáveis na primeira fase, dando um verdadeiro show.

Nas quartas veio o Canadá. Promessa de jogo forte? Nem tanto. Os Estados Unidos passeou mais uma vez, vencendo por 98 a 41. Na semifinal, o duelo mais complicado do torneio. Em uma partida onde foi para o intervalo perdendo por quatro pontos, as norte-americanas suaram, mas venceram a Austrália e foram para final, onde encararam a França, que também havia chegado invicto e jogando muito bem. Mas as francesas foram totalmente dominadas e derrotas por 86 a 50, garantido mais uma medalha olímpica para os Estados Unidos.

Time masculino também foi dominante e levou mais uma medalha para casa (Foto: Getty Images)
Time masculino também foi dominante e levou mais uma medalha para casa (Foto: Getty Images)

Bom, o que falar do basquete masculino certo? Show, isso pode ser algo que resume bem. Os melhores jogadores do mundo dando um show, mas sempre com destaque para os norte-americanos, que passearam mais uma vez. Mesmo em um grupo com seleções como França, Lituânia e Argentina, LeBron James e companhia foram imbatíveis, vencendo todos os jogos e de maneiras astronômicas.

Na primeira fase, o jogo mais complicado foi contra os lituanos, que deixaram a partida equilibrada durante boa parte, não deixando os norte-americanos abrirem muitos pontos de vantagem. Porém, no fim, deu Estados Unidos. O jogo mais espetacular foi contra a Nigéria, quando os norte-americanos fizeram inimagináveis 156, sim cento e cinquenta e seis, pontos, recorde nos jogos. Os nigerianos? Fizeram apenas 73.

Os dois primeiros jogos da fase final também foram bem tranquilos para os Estados Unidos. Nas quartas, a vítima foram os australianos, que perderam de 116 a 83. Nas semifinais, os argentinos estavam no caminho dos norte-americanos mais uma vez e de novo levaram um sacode, dessa vez por 109 a 83. Na final, um grande jogo. As duas melhores seleções do mundo se enfrentaram. Estados Unidos e Espanha, rivalidade que cresceu durante os anos. Em uma partida sensacional, os norte-americanos levaram a melhor e venceram por 107 a 100, ficando com a medalha.

Favoritos para Rio 2016

Domínio em 2012 e domínio em 2016. Sempre os Estados Unidos são a potência quando se fala em colocar a bola na cesta e desta vez não será diferente. O basquete feminino chega ao Rio com um elenco invejável, provavelmente o melhor da história, com várias jogadores talentosas, jovens, além das experientes. 

Seimone AugustusTamika CatchingsTina CharlesElena Delle DonneMaya MooreDiana Taurasi, a jovem Breanna Stewart, recentemente draftada pelo Seattle Storm no último Draft da WNBA, e a gigante Brittney Griner são algumas das peças que formam este timaço.

Se eu for destacar os grandes atletas do time masculino norte-americano vai demorar muito tempo. O técnico Mike Krzyzewski, ou apenas Coach K, ainda não divulgou o elenco que vem para o Rio, pois ainda terá que fazer alguns cortes, mas alguns jogadores não deverão estar no Brasil. Anthony Davis, que passou uma por uma cirurgia no joelho, e Chris Paul, que anunciou que "descansará seu corpo" no verão, estão descartados.

LeBron James, que já atuou em três olimpíadas, também deverá ficar assistindo os jogos pela TV. Carmelo Anthony deve cuidar do seu joelho e não ir também. Kevin Durant é uma verdadeira incógnita. Sem três dos grandes "medalhões", a chance fica para os mais jovens. Isso é um problema? Muito longe disso. Stephen CurryKawhi LeonardRussell WestbrookJames Harden Draymond Green são alguns dos muitos craques que devem comparecer aos jogos. É uma verdadeira máquina e o favoritismo continua.

Curiosidades do Esporte

- País dos jogos, o Brasil foi o primeiro país da América Latina a receber o basquete, lá em 1896.
- Nunca uma seleção da África, Ásia ou Oceania levou a medalha de ouro no esporte.
- Apenas 20 países, sendo que três deles foram uma Equipe Unificada e as "finadas" Iugoslávia e União Soviética.
- A África é o único continente que nunca venceu uma medalha no esporte.

Quadro de medalhas (duas chaves juntas)

###### País Ouro Prata Bronze Total
1 Estados Unidos 21 2 3 26
2 União Soviética 4 4 4 12
3 Iugoslávia 1 5 2 8
4 Argentina 1 1 2
5 Equipe Unificada 1 1
6 Austrália 3 2 5
7 Espanha 3 3
França 3 3
9 Itália 2 2
10 Brasil 1 4 5
11 Bulgária 1 1 2
China 1 1 2
13 Canadá 1 1
Coréia do Sul 1 1
Croácia 1 1
16 Lituânia 3 3
Rússia 3 3
18 Uruguai 2 2
19 Cuba 1 1
México 1 1
##### Total 28 28 28 84