Após primeira partida, jogadores dos Cavs enaltecem atuação do banco adversário

Em coletivas pós jogo, LeBron, Love e Irving falaram do impacto que os reservas tiveram no jogo. Banco de Golden State fez quarenta e cinco pontos

Após primeira partida, jogadores dos Cavs enaltecem atuação do banco adversário
Questionados sobre o jogo, os Cavs mencionaram Shaun Livingston como fator determinante para a derrota (Foto: Reprodução/NBA)

Jogando pelo bicampeonato, o Golden State Warriors bateu o Cleveland Cavaliers na noite desta quinta-feira (2), na Oracle Arena. Em coletiva após a partida e jogando sua sexta final consecutiva, LeBron James comentou o jogo. 

O astro dos Cavs, como não podia deixar de ser, elogiou o banco do adversário: “não importa o que você faça, quando você permite uma diferença entre os bancos de 45 pontos a dez e vinte e cinco pontos a partir de turnovers, fica difícil ganhar, especialmente fora de casa”.

LeBron ainda admitiu que “defensivamente nós conseguimos seguir o plano de jogo, mas tivemos alguns momentos de queda – de rendimento – e ofensivamente nós temos que melhorar muito, tanto movimentando a bola como nos movimentando. Eles são um grande time e nós temos que fazer um trabalho melhor”.

Tyronn Lue, por sua vez, comentou que ficou feliz com a maneira como o time jogou e com a marcação, especialmente contra os Splash Brothers, mas disse que os erros ofensivos na parte pintada da quadra aconteceram em excesso.

Kevin Love seguiu a mesma linha do técnico: "mesmo fazendo um bom trabalho marcando eles, os Warriors ainda podem ser muito difíceis de bater". O ala-pivô ainda comentou que os Cavs tem que aproveitar o tempo até o jogo dois para descobrir uma maneira de neutralizar o banco dos Warrios, "especialmente Shaun Livingston".

Kyrie Irving também comentou que o banco Warriors "fez um grande trabalho, é só olhar as estatísticas". E que o atual campeão foi bem, "às vezes em transição e às vezes não". Isso, segundo Irving, "colocou a torcida no jogo". Sobre a liderança que o Cavs chegou a ter no terceiro quarto e o fato de ter perdido o jogo, o armador disse que "eles - os Warriors - são um grande time, e podem fazer sequências de pontos como fizeram no começo do último quarto".