Curry diz que jogo 7 é especial e que precisa jogar sua melhor partida: "O título é o objetivo"

Curry teve boas atuações nos últimos três jogos, porém está longe de ser brilhante como na temporada regular onde conquistou o MVP por unanimidade

Curry diz que jogo 7 é especial e que precisa jogar sua melhor partida: "O título é o objetivo"
Foto: Divulgação/NBA

O Golden State Warriors pode conquistar o bicampeonato da NBA neste domingo (19), mas para isso precisa bater o Cleveland Cavaliers, jogando em Oakland, em sua própria casa. A série está empatada em 3 a 3 e o vencedor leva o trófeu de campeão. A bola sobe às 21h (de Brasília). 

Criticado no início das finais pelas atuações apagadas, Stephen Curry foi decisivo no jogo quatro quando anotou 38 pontos em Cleveland e ajudou os Warriors a quebrarem o mando. No último jogo, apesar de expulso, Curry anotou 30 pontos, mas mesmo assim não escapou das críticas.

"Tenho que ter meu melhor jogo da temporada ou até mesmo da carreira. E isso não significa marcar 50 pontos, mas sim controlar o ritmo do jogo. Joguei muito bem para minha expectativa e meu padrão em 4 e 6 jogos da série. Preciso conseguir outro bom jogo", disse.

No último jogo, Curry foi ejetado pela primeira vez na carreira após atingir seis faltas. Foi multado em US$ 25 mil dólares após a expulsão por ter arremessado seu protetor bucal e acidentalmente ter acertado um torcedor dos Cavaliers. Logo depois, o armador pediu desculpas ao fã, mas a regra da NBA prevê punições de multa nessas ocasiões. Curry falou sobre a situação de faltas.

"Não posso ter problemas de faltas cedo. O esquema tático e as trocas deles não teriam nos afetado tanto se não fossem as faltas", analisou.

Curry falou também sobre a importância de um jogo 7 na NBA. O armador lembrou sobre a infância quando sonhava com um momento desses e que agora vive a expectativa de realizar o sonho e que a preparação é a mesma.

"Mesma preparação de sempre, sabendo que temos que jogar nosso melhor basquete da temporada para vencer. Sem pressão extra", disse.

Neste domingo (19) é Dia dos Pais nos Estados Unidos. Filho do ex-jogador Dell Curry, que nunca foi campeão da NBA e nem disputou um jogo sete de finais, Stephen falou em querer orgulhar o pai dele e conquistar o objetivo do início da temporada: o título.

"Quando crescemos fã de basquete, jogando com os amigos, imaginamos o jogo 7. É especial. Quero fazer meu pai ter orgulho de mim amanhã. O título é nosso objetivo desde o começo. Se ele não vier, ficaremos muito, muito desapontados", declarou.