Em grande jogo, Croácia supera Espanha com toco de Saric em Gasol no último lance

Jogo foi decidido no último lance, com toco de croata em cima de Pau Gasol

Em grande jogo, Croácia supera Espanha com toco de Saric em Gasol no último lance
Foto: Divulgação/FIBA
Espanha
70 72
Croácia

Em jogo emocionante, a Croácia bateu a Espanha por 72 a 70 na noite deste domingo (7), na Arena Carioca 1. O jogo foi válido pelo Grupo B do torneio olímpico masculino de basquete, mesmo do Brasil.

Pela Croácia, o destaque foi Bojan Bogdanovic com 23 pontos. D. Planinic também teve bom desempenho, com 11 pontos e seis rebotes. Pela Espanha, Pau Gasol fez 26 pontos e pegou 9 rebotes. Mirotic fez 19 pontos e pegou seis rebotes. 

A Espanha volta à quadra contra o Brasil na terça-feira (9), às 14h15. A Croácia pega a Argentina no mesmo dia, mais tarde às 22h30.

Gasol e Mirotic comandam Espanha em bom primeiro tempo

Uma das favoritas na competição, a Espanha começou dominando a partida: o time de Pau Gasol e companhia cuidou bem da bola no primeiro quarto, e, depois de permitir que a Croácia abrisse vantagem na primeira metade do quarto, reagiu e chegou a abrir doze pontos no placar, com seis na área pintada da quadra.

A Espanha foi para o segundo quarto vencendo por 21 a 13 após boas participações de Gasol e Mirotic nos doze minutos iniciais. Com Rick Rubio responsável pela armação, o time espanhol cuidava bem da bola e, na metade do segundo quarto, havia cometido apenas três turnovers contra oito do time croata.

Faltando pouco menos de cinco minutos para o fim, os croatas perdiam por 30 a 21 e buscavam reagir usando especialmente tiros de meia distância e ataques rápidos. A Espanha, por outro lado, castigava com uma boa movimentação de bola e tiros de três, com direito a bola de Pau Gasol do perímetro.

Faltando dois minutos para o intervalo o técnico croata viu a vantagem espanhola se estender e chegar em 36 a 26, o que fez Aleksandar Petrovic pedir tempo: o baixo aproveitamento nas bolas de três – apenas 25% - foi ignorado e as duas últimas bolas do time croata foram do perímetro, que encostou no placar e foi ao intervalo perdendo por 38 a 32.

Seleções mantem equilíbrio e fazem ótimo jogo na Arena Carioca 1

A Espanha inaugurou o placar no segundo tempo com uma bola de três de Sergio Llull, outro jogador com boa atuação no time espanhol. Do outro lado da quadra a Croácia trabalhava bem a bola, mas a falta de pontaria do time não permitia um placar mais equilibrado. Com ponte aérea finalizada por Mirotic a Espanha chegou a abrir 47 a 34.

A Croácia não conseguia vencer o bom trabalho defensivo espanhol e sofria com a movimentação de bola envolvente do time de Gasol e companhia. Com isso, a diferença entre os times se mantinha na casa dos dois dígitos e a Espanha ia concretizando uma boa vitória no grupo do Brasil.

A Croácia conseguiu diminuir a vantagem e encostar no placar com bola de três de Ukic, o que fez Sergio Scariolo pedir tempo a pouco mais de um minuto para o último quarto. Uma bandeja de Bogdanovic no contra-ataque trouxe a diferença para cinco pontos e acordou a torcida na Arena Carioca 1.

As equipes mantinham o padrão e apresentavam uma boa partida. A Espanha continuava investindo e se beneficiando dos talentos individuais, enquanto a Croácia tentava fazer uma defesa mais intensa, o que gerou alguns turnovers do time espanhol.

Jogo ganha emoção e é decidido nos segundos finais

Com apoio do público na Arena Carioca 1 Ukic tirou Mirotic pra dançar e acertou uma bola de três pontos fazendo a Croácia encostar no placar: 56 a 55 com pouco menos de sete minutos no relógio.  A Croácia passou a frente após enterrada de Babic para fazer 57 a 56.

A pouco mais de quatro minutos para o fim, as seleções trocaram bolas de três e a diferença ficou em uma posse de bola, garantindo emoção na partida. Com as equipes investindo no jogo mais próximo à cesta, as faltas ficaram mais constantes, e o jogo ficou truncado.

O placar mostrava 67 a 65 para a Espanha com pouco menos de dois minutos para o fim. Nos momentos decisivos a Espanha errou, perdeu a bola e permitiu contra-ataque da Croácia, que fez 69 a 67.

Forçando o arremesso a poucos segundos do fim a Espanha errou e foi obrigada a fazer falta para parar o relógio e tentar a vitória. Os arremessos foram convertidos, mas os times queriam emoção, e Mirotic fez uma bola de três para deixar o jogo em 71 a 70 a doze segundos do fim.

Após mais um Croata na linha de lances livres, a Espanha tinha a chance de empatar a partida, mas Pau Gasol foi bloqueado a dois segundos do fim e a Croácia garantiu a vitória: 72 a 70.