Brasil perde novamente e se complica no basquete feminino

Mesmo ficando na frente do placar em vários momentos, as brasileiras vacilaram muito e perderam para Belarus

Brasil perde novamente e se complica no basquete feminino
(Foto: Reprodução / Twitter)
Brasil
63 65
Belarus

A Seleção Brasileira feminina sabia da responsabilidade que tinha em mãos. Precisando vencer, as meninas fizeram um primeiro tempo consistente e conseguiram segurar uma vantagem contra Belarus, mas sofreram na etapa final e acabaram saindo derrotadas mais uma vez.

Sem conseguir vencer nos dois primeiros jogos, Belarus e Brasil disputaram o jogo da vida na Arena da Juventude, em Deodoro. As equipes brigaram bastante e deixaram os torcedores apreensivos pelo resultado do início ao fim. As brasileiras conseguiram segurar a liderança no placar diversas vezes, mas os erros complicaram as meninas, que não conseguiram reverter o resultado no fim.

Quem mais pontuou no Brasil e no jogo foi Damiris Dantas, com 23 pontos. Clarissa Santos fez 17 e Joice Rodrigues marcou 8 pontos. Para Belarus, Tatyana Troina fez 18 pontos e Yelena Leuchanka marcou 15.

O Grupo A está equilibrado e, com três derrotas, o Brasil fica na peúltima colocação, antes apenas da Turquia. Nas três primeiras colocações estão Austrália, França e Japão, seguidos por Belarus.

Brasil joga bem e consegue ficar na frente no primeiro tempo

Sem bons desempenhos nos Jogos Olímpicos e começando a se complicar no Grupo A, o Brasil sabia que precisava se esforçar muito se não quisesse cair na primeira fase. Com isso em mente, as meninas começaram muito bem o primeiro período e se destacaram defensiva e ofensivamente. Marcando pontos importantes e sem deixar que as adversárias encostassem, as brasileiras fecharam o quarto inicial com 28 a 16 no placar.

As brasileiras seguiram em ritmo intenso e foram aumentando o placar, aumentando a vantagem rápido. Entretanto, no segundo período o Brasil começou ter problemas. Se a defesa funcionava bem, o ataque começou a falhar e passou os quatro minutos finais sem marcar, o que deixou a seleção de Belarus mais perto no placar. As equipes foram para o vestiário com apenas cinco pontos de diferença e o marcador em 40 a 35.

Segundo tempo tem melhora de Belarus e sufoco brasileiro

O terceiro quarto começou muito ruim para o Brasil. As meninas seguiram com muita dificuldade de acertar as cestas e vira Belarus se aproximar cada vez mais no placar. Errando muito, as brasileiras precisaram se esforçar defensivamente para impedir que as adversárias passassem no placar. O jogo ganhou tons de dramaticidade quando as belarussas empataram e, assim, a liderança no placar ficou indefinida.

Apesar de não ter muitos pontos, o penúltimo quarto foi de disputa intensa e chances perdidas, o que deixou a partida mais interessante. As brasileiras continuaram tentando parar as adversárias até o fim, mas não conseguiram voltar à frente do placar e o período acabou empatado em 50 a 50.

No último e decisivo quarto, o Brasil voltou muito mais atento e conseguiu voltar a defender bem, aproveitando os contra-ataques para marcar as cestas. As brasileiras conseguiram segurar o ritmo até os três minutos finais, quando Belarus voltou a ser melhor e virou novamente o placar. As belarussas se mantiveram à frente e controlaram o tempo, deixando as donas da casa desesperadas.

Os últimos segundos foram de muita tensão e insistência brasileira, porém, na última bola do jogo, o Brasil errou mais um arremesso e não conseguiu a virada, perdendo por 65 a 63.