Espanha sofre, mas conquista primeira vitória no basquete masculino diante da Nigéria

Primeira vitória da Espanha nos Jogos Olímpicos teve jogo duro da Nigéria

Espanha sofre, mas conquista primeira vitória no basquete masculino diante da Nigéria
(Foto: Divulgação/FIBA)

A Espanha não está tendo um caminho tão fácil quanto imaginava. Sem vencer ainda, os espanhóis entraram em quadra na Arena Carioca 1 diante da Nigéria com grande pressão pelo resultado positivo. Foi duro e por pouco a terceira derrota não veio, mas os europeus conseguiram o êxito.

Os maiores pontuadores pela Nigéria foram Chamberlain Oguchi, que marcou 24 pontos, Josh Akognon fez 12, Ekenechukwu Ibekwe acertou 11 e Alade Aminu converteu 9 pontos. Já a Espanha teve Pau Gasol como cestinha, marcando 16 pontos. Ricky Rubio fez 15, Rudy Fernandez converteu 13 e Willy Hernangomez e Juan-Carlos Navarro fizeram 11 pontos.

Agora o Grupo B, que tem o Brasil, continua enrolado. Apenas duas seleções seguem invictas, Argentina e Lituânia, e uma delas terá sua primeira derrota na noite desta quinta-feira, já que se enfrentam. Todas as seleções ainda têm chance de classificação.

Antes do início da partida, um susto no Parque Olímpico. Uma mochila foi deixada próxima da Arena Carioca 1, local do duelo, e o espaço foi evacuado sem muito alarde. A polícia explodiu o objeto por precaução e o barulho pôde ser ouvido na quadra. O jogo começou com arquibancadas vazias graças ao problema e o público entrou aos poucos no local.

Espanha começa melhor, mas Nigéria atropela no segundo quarto

O início do jogo foi ideal para os espanhóis. Jogando bem e começando com vários acertos, a Espanha saiu na frente e fez uma partida sólida, segurando bem a Nigéria e abrindo boa vantagem. O primeiro quarto terminou com 25 a 11 no placar para os europeus.

Já o segundo período foi o completo oposto. Mais atenta e colocando toda sua força em quadra, a Nigéria não deixou que a Espanha abrisse vantagem maior e foi com tudo em busca da virada. O quarto foi totalmente dominado pelos nigerianos, que seguraram Pau Gasol e companhia e marcaram incríveis 30 pontos contra apenas 18 espanhóis, diminuindo a desvantagem para apenas dois pontos e fechando o primeiro tempo com 43 a 41 no placar.

Nigéria vira placar e deixa último quarto disputado

No terceiro quarto, o confronto continuou muito acirrado e a Espanha sofreu para pontuar. A Nigéria, levada pelo apoio da torcida brasileira presente, conseguiu ganhar força e deixou tudo equilibrado, disputando ponto a ponto a liderança do placar. Foi uma briga dura pela vantagem, porém, pela primeira vez no jogo, os nigerianos assumiram a ponta e terminaram o quarto um ponto na frente, 66 a 65.

Decisivo, o último período contou com as duas equipes duelando a vida no Grupo B, já que precisavam vencer. Enquanto a Espanha conseguia bolas de três e acertos defensivos, os nigerianos se esforçavam muito e, mesmo errando muitas cestas, seguiram correndo atrás e encostando no placar.

Porém, a Nigéria acabou se prejudicando ao errar muitas oportunidades, dando o rebote aos espanhóis e os deixando abrir mais vantagem. As duas equipes fizeram um último quarto com muita concentração, mas quem levou a melhor foi a Espanha, que depois de duas duras derrotas finalmente conseguiu vencer. O placar final do confronto terminou em 96 a 87 para os europeus.