Curry vence duelo contra Lillard e comanda vitória do Warriors contra Portland Trail Blaizers

Armador lidera triunfo largo contra algoz da temporada passada anotando 23 tentos em um mesmo período

Curry vence duelo contra Lillard e comanda vitória do Warriors contra Portland Trail Blaizers
Golden State Warriors vence Portland Trail Blazers na casa do rival. Foto: Garrett Ellwood/NBAE via Getty Images
Portland Trail Blazers
104 127
Golden State Warriors

Um aguardado duelo entre armadores na primeira semana da NBA era o reencontro entre o esquecido All-Star Damian Lillard e o melhor jogador da temporada passada, Stephen Curry. Melhor para o Golden State Warriors que venceu na casa do adversário Portland Trail Blazers, no Moda Center, por 127 a 104, vingando a derrota no ano anterior.

Cestinha do sua equipe, Curry somou 28 pontos, distruibui três assistências e ainda conferiu quatro rebotes. Estrela da equipe, o camisa 30 deslanchou na volta do intervalo onde anotou 23 pontos - com cinco bolas de três pontos em seis arremessos - contribuindo para a vantagem aberta por sua equipe.

No lado de Portland, coube à Lillard somar a maior quantidade de pontos na partida, 31 pontos, dar apenas duas assistências e manter as chances de vitória até o placar ser dilatado.

Ian Clark sai bem do banco mas Damian Lillard mantém Portland no jogo

O explosivo armador Damian Lillard começou o jogo ditando o ritmo. Líder da franquia em Portland, Lillard somou oito dos quatorze pontos na corrida inicial de 14 a 7 que deu a vantagem da partida nos primeiros minutos.

A resposta veio do jogo coletivo e também do banco com Ian Clark, autor de 11 pontos na retomada do marcador por Golden State. Os arremessos começaram a cair ao mesmo tempo que erros foram cometidos por McCollum e Plumlee, dando a vitória parcial aos visitantes por 34 a 25.

Uma boa pressão defensiva na linha de passe acabou gerando contra-ataques ao Trail Blazers que voltaram ao jogo nos primeiros 60 segundos no segundo período. Para a tristeza da equipe os reservas não mantiveram o ritmo ofensivo e ainda cederam muitas cestas de quadra principalmente para Shaun Livingston e Kevin Durant. Ao retorno de Lillard o placar voltou a vantagem anterior, seis pontos, e assim foi ao intervalo (59 a 53).

Curry explode no terceiro quarto e comanda vitória tranquila dos Warriors

Faltava uma pessoa entrar na partida: Stephen Curry. Foi o camisa 30 que liderou os Warriors no terceiro período anotando onze pontos e elevando a vantagem aos 13 pontos, obrigando o tempo quando ainda restavam 07:28 por jogar.

Em pouco tempo CJ McCollum anotou dois chutes do perímetro em sequência, diminuiu a desvantagem para 7 pontos e Steve Kerr também parou o jogo. O tempo serviu para consertar a postura de seus jogadores que recolocaram dois dígitos no marcador. Curry acelerou ainda mais, fechou o período tendo anotado 23 pontos sendo 15 pontos em bolas de três pontos, e quase que a diferença ficou em 26 (100 a 73).

O quarto período foi para reservas atuarem pois a partida estava decidida desde o fim do terceiro quarto. Novatos e atletas que pouco atuam estiveram em quadra por um grande tempo com destaque para Leonards, autor de algumas cestas anotadas no perímetro.