Ricardo Fischer fala sobre retorno a Bauru e JP Batista comemora vitória do Flamengo no NBB

Jogadores rubro-negros comentaram sobre o resultado e o difícil jogo contra o Bauru; José Neto exaltou o trabalho da equipe

Ricardo Fischer fala sobre retorno a Bauru e JP Batista comemora vitória do Flamengo no NBB
(Foto: João Pires/LNB)

Na primeira rodada da nova temporada do Novo Basquete Brasil, iniciada neste sábado (5), Flamengo e Bauru fizeram um jogo eletrizante e, com direito a duas prorrogações, o rubro-negro venceu por 100 a 97 e saiu na frente na busca pelo título.

Após sair do Bauru no início da nova temporada, Ricardo Fischer fez seu caminho até o grande rival do ex-clube e foi parar no Flamengo. Sendo chamado de mercenário pela torcida do início ao fim de jogo, Fischer assistiu o Fla conquistar a sofrida vitória do banco, já que, lesionado, não pôde entrar.

O jogador comentou sobre a reação das arquibancadas logo depois do jogo: "É normal, é o papel da torcida, mas quem sabe da real situação de tudo o que ocorreu na transação são meus amigos e a minha família e isso é o que importa pra mim. Os torcedores vão torcer contra sempre, ainda mais que eu saí para um rival, mas não levo as provocações em consideração, até porque ainda tenho muitos amigos aqui em Bauru. Não tenho mágoas e já esperava esse tipo de coisa. Se eu fosse torcedor, também faria isso. Até gostei das notas e pedi para um diretor pegar uma dessas pra mim".

Quem saiu em defesa do jogador foi o treinador José Neto, que aproveitou para elogiar o armador. "Entendo que a torcida vem para torcer, mas particularmente não gosto muito disso porque acho que ele já deu muita coisa para Bauru. É um jogador de referência em nível nacional e não sei se merecia isso. Um jogador brasileiro que faz um triple-double na NBA em pleno Madison Square Garden (quando Bauru jogou na pré-temporada com equipes norte-americanas), merece mais respeito, mas o menino tem cabeça boa, vai ficar triste um pouquinho, é vida que segue", afirmou.

Acho que antes de valorizar qualquer coisa, temos que dar valor ao espírito desse time. É impossível mencionar todas as dificuldades que a gente está passando. Temos que enaltecer a disposição e entrega desse grupo”, disse ainda José Neto sobre a partida.

O treinador do Flamengo completou elogiando a postura da equipe e dos jovens atletas: “Hoje eles jogaram com raça, determinados, sabendo das dificuldades e passando confiança aos jogadores jovens, que entraram 100% focados naquilo que poderiam fazer. O grupo está de parabéns, eles têm muito mérito por acreditar neste trabalho e agora é focar no Franca”.

Foi um jogo de detalhes. Três pontos de diferença, os dois times estão de parabéns por esse jogo incrível. Quem ganha com isso é o torcedor e o basquete brasileiro. Estamos feliz por ganhar esse jogo, vai nos dar confiança para a sequência”, afirmou JP Batista, um dos melhores em quadra com 29 pontos e 12 rebotes.

O próximo jogo do Flamengo será diante do Franca, na próxima segunda-feira (8), às 19h30, no Ginásio Pedrocão.