Presidente da associação de atletas, Guilherme Giovannoni critica administração da CBB

Jogador do Brasília afirmou que a AAPB fará o possível para ajudar o basquete brasileiro nesse momento delicado

Presidente da associação de atletas, Guilherme Giovannoni critica administração da CBB
Giovannoni está na presidência da Associação de Atletas (Foto: Divulgação/AAPB)

Após muita polêmica durante o dia nesta segunda-feira (14), o presidente da Associação dos Atletas e jogador do Brasília, Guilherme Giovannoni, se manifestou em seu Twitter oficial contra a administração da Confederação Brasileira de Basquete (CBB) e posicionando a AAPB sobre o assunto.

A Federação Internacional de Basquete (FIBA) anunciou durante o dia que a CBB está suspensa das competições organizadas pela entidade até que cumpra as regras estabelecidas e se organize financeiramente. Diretamente afetados, os clubes e atletas brasileiros sofrem com a punição, que tira o direito de participação em competições internacionais.

Com isso, Guilherme Giovannoni falou sobre a polêmica, afirmando que cuidará do interesse dos atletas nessa situação.

Confira a declaração de Giovannoni:

"Recebo com muita tristeza e preocupação a notícia da suspensão da Confederação Brasileira de Basquete das competições organizadas pela FIBA.

Como presidente da Associação dos Atletas Profissionais de Basquete, informo que a AAPB não concorda a maneira como a CBB é administrada.

Essa punição tem consequências para todos os envolvidos e apaixonados pela modalidade no Brasil, sobretudo para nós atletas.

A AAPB fará o que estiver ao seu alcance para que o basquete brasileiro volte a ser respeitado como seus fãs e sua história merecem".

Vale lembrar que Flamengo e Bauru - e Mogi das Cruzes em caso de título Sul-Americano - ficam fora da Liga das Américas de 2017, já que a competição é organizada pela entidade Sul-Americana. Os clubes já se manifestaram contra a decisão.