Novo All-Star Game: NBA muda formato e acaba com duelo entre Leste e Oeste

Jogadores mais votados de cada conferência serão os capitães e escolherão seus companheiros através de um sistema de draft

Novo All-Star Game: NBA muda formato e acaba com duelo entre Leste e Oeste
Foto: Getty Images

Com a Conferência Leste mais fraca e perdendo as grandes estrelas para a Conferência Oeste, a NBA anunciou nesta terça-feira (3), através do comissário Adam Silver, mudanças no All-Star Game, dando fim ao duelo entre as conferências. A liga tenta resgatar o prestígio do evento, que nos últimos anos não teve muita competição e superioridade do Oeste. A alteração já vale para a edição de 2018, em Los Angeles.

A eleição dos 24 participantes continua da mesma forma, através do voto popular, da mídia e dos próprios atletas. A diferença é que, agora, os jogadores mais votados de cada conferência serão os capitães e, de forma alternada, vão montar suas equipes, podendo escolher jogadores da conferência rival. Os titulares terão de ser os dez eleitos pelo colegiado de fãs, jornalistas e jogadores.

Na temporada passada, os mais votados foram LeBron James, no Leste, e Stephen Curry, no Oeste. Se repetirem o feito desta vez, ambos vão montar seus times. Os treinadores continuam sendo escolhidos através das melhores campanhas até duas semanas antes do evento. Steve Kerr, do Golden State Warriors, e Brad Stevens, do Boston Celtics, estão inelegíveis por participarem em 2017. Os times representarão instituições de caridade de Los Angeles, cidade sede em 2018, ou de alcance nacional.