No retorno de Pesic, Barcelona quebra sequência negativa e vence Bilbao Basket

Praticamente 14 anos após deixar a equipe, Svetislav Pesic voltou ao banco de reservas do Barcelona. Na primeira partida de seu retorno, os balugranas quebraram uma sequência de derrotas e superaram o Bilbao Basket por 90 a 58 na Liga Espanhola de Basquete

No retorno de Pesic, Barcelona quebra sequência negativa e vence Bilbao Basket
Com 12 pontos e 9 rebotes, Ante Tomic foi um dos destaque do Barcelona na partida deste domingo (Foto: Divulgação/ACB)
Barcelona Lassa
90 58
Bilbao Basket

Depois de duas temporadas no banco de reservas Barcelona entre 2002 e 2004, Svetislav Pesic deixou a equipe tendo conquistado dois troféus da Liga ACB, uma Copa do Rei e uma Euroliga. Praticamente catorze anos depois, o sérvio foi anunciado como o novo treinador dos blaugranas e assumiu a equipe em um momento delicado depois de três derrotas consecutivas entre partidas da liga nacional e da Euroliga. No entanto, no jogo de sua volta, já tratou de dar novo ânimo aos seus comandados e o Barcelona Lassa passou por cima do RETAbet Bilbao Basket com um imponente triunfo por 90 a 58, em partida válida pela 20ª rodada da Liga ACB.

Desde os minutos inciais da partida, o Barça já mostrou muito da filosofia de seu novo técnico. Com uma defesa intensa, o time já tratou de mostrar para o Bilbao Basket que a partida no Palau Blaugrana não teria a mesma tônica das atuações ruins nas jornadas anteriores. Forçando seu adversário a ter baixíssima eficiência no ataque (o Bilbao somou apenas 13 arremessos de dois pontos convertidos em 32 tentados e 6 para três pontos em 22 tentativas), os catalães ainda contaram com bom aproveitamento nos chutes de três pontos e um amplo domínio no garrafão para construírem a vitória sem maiores sustos.

O posto de maior pontuador do Barcelona foi divido entre quatro jogadores. Pau Ribas, Adrian Moerman, Ante Tomic e Thomas Heurtel marcaram 12 pontos cada, sendo que Tomic ainda contribuiu com 9 rebotes e Heurtel com 8 assistências, aproximando-se ambos do duplo-duplo. Pelo lado do Bilbao, Shane Hammink também somou 12 pontos, enquanto o brasileiro Ricardo Fischer, em quase 17 minutos em quadra, marcou 4 pontos e distribuiu 2 assistências.

Tendo feito as pazes com a vitória, a equipe catalã, que é 4ª colocada na liga nacional com 13 vitórias em 20 jogos, volta a quadra na próxima sexta-feira (16) para encarar o Baskonia pelas quartas-de-final da Copa do Rei. Enquanto isso, o Bilbao Basket, que venceu 6 das 20 partidas disputadas na liga e ocupa a 15ª posição, entrará em quadra apenas no dia 4 de março por conta de mais uma rodada da copa e compromissos das seleções, quando enfrentará o Delteco em busca de quebrar a sequência de quatro derrotas seguidas.

 

Com 16 pontos de Benite, Murcia vence Obradoiro na prorrogação

No sábado (10), UCAM Murcia e Monbus Obradoiro travaram um emocionante duelo marcado pela intensa atuação de ambas defesas. No fim, a partida foi decidida apenas na prorrogação com uma cesta de Matt Thomas no estouro do relógio, que deu a vitória ao Obradoiro por 70 a 68 e manteve a equipe na briga por uma vaga na zona de classificação para os playoffs, dado que esta foi a décima vitória em 20 jogos, deixando a equipe em 11º lugar. O Murcia tem a mesma campanha, porém, pelos critérios de desempate, encontra-se uma posição a frente.

O grande destaque do time vencedor ficou por conta do pivô ucraniano Artem Pustovyi, importante tanto no ataque como na defesa ao somar 17 pontos, 6 rebotes e 6 tocos, enquanto o ala-pivô montenegrino Nemanja Radovic alcançou um duplo-duplo com 13 pontos e 13 rebotes. No Murcia, o ala inglês Ovie Soko consagrou-se como cestinha da partida com 18 pontos e ainda apanhou 13 rebotes, sem contar a boa atuação do brasileiro Vitor Benite ao marcr 16 pontos.

Com segundo quarto arrasador, Real Madrid vence Tenerife e segue soberano na liderança

Até então, fevereiro não se mostrava nada bom para o Real Madrid. Com duas derrotas na Euroliga e uma na Liga ACB nos três jogos realizado neste mês, os merengues ligaram o sinal de alerta, mas mostraram que, ao menos na liga espanhola de basquete, as derrotas foram apenas acidente de percurso. Contra o Iberostar Tenerife, no encerramento da rodada neste domingo (11), o Real, depois de um primeiro quarto equilibrado, teve um segundo quarto arrasador diante de um apagão adversário, impôs-se e abriu uma vantagem de mais de 10 pontos, a qual foi apenas administrada ao longo da partida e culminou no triunfo por 89 a 76. Com isso, a equipe da capital mantém-se soberana na liderança da competição com 18 vitórias em 20 jogos e Tenerife, com o revés saiu da zona de playoffs, terminando a rodada na 9ª colocação, tendo triunfado em 11 das 20 partidas.

A vitória madrilhenha foi comandada pelo armador argentino Facundo Campazzo, que marcou 15 pontos, 3 rebotes e 8 assistências, porém Jayce Carroll com 13 pontos e o candidato a primeira escolha geral do Draft da NBA, Luka Doncic, com 11 pontos, 4 rebotes e 3 assistências também foram importantíssimos ao longo da partida. Pelo Tenerife, o ala norte-americno Tim Abromaitis sagrou-se cestinha da partida com seus 21 pontos, destacando-se pela precisão nos arremessos de três ao converter todas as cinco tentativas. 

Demais resultados da 20ª rodada da Liga ACB:

Baskonia (3º; 13-7) 96 x 78 Unicaja (5º; 12-8)

MoraBanc Andorra (8º; 11-9) 88 x 81 Divina Seguros Joventut (17º; 4-16)

Movistar Estudiantes (12º; 9-11) 89 x 83 Real Betis Energía Plus (18º; 4-16)

San Pablo Burgos (16º; 6-14) 76 x 90 Valencia Basket Club (2º; 14-6)

Montakit Fuenlabrada (7º; 12-8) 66 x 86 Herbalife Gran Canaria (6º; 12-8)

Delteco GBC (13º; 8-12) 94 x 99 Tecnyconta Zaragoza (14º; 7-13)