Homenageando a Amazônia, dupla brasileira termina o primeiro dia do nado sincronizado na 13ª colocação

No dueto rotina livre, Duda Micucci e Luisa Borges se apresentam no Maria Lenk e saem aplaudidas da piscina; dupla aposta na capoeira para ir à final

Homenageando a Amazônia, dupla brasileira termina o primeiro dia do nado sincronizado na 13ª colocação
Duda e Luisa apostam na apresentação que homenageará capoeira (Foto: Cleber Akamine)

Sem água esverdeada, o Brasil começou sua participação no nado sincronizado nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro na manhã deste domingo (14). Duda Miccuci e Luisa Borges se apresentaram nos duetos rotina livre - com liberdade de movimentos - e, com uma apresentação inspirada na Amazônia, fizeram 84.0333 pontos, resultado este que as coloca na 13ª posição entre 24 países participantes. Nesta segunda-feira, as atletas retornam à piscina para a disputa da rotina técnica, que inclui elementos obrigatórios para as nadadoras - o tema será a capoeira. As notas das duas apresentações, as 12 melhores duplas avançarão para a final.

A performance da dupla brasileira mexeu com o públuco, presente em bom número, no Maria Lenk. Desde a entrada ao fim da performance, Duda e Luisa foram muito aplaudidas.

"É nossa primeira Olimpíada. Já existe a ansiedade natural por ser a competição mais importante para todo atleta, ainda mais competindo em casa, com todo apoio da torcida. Foi maravilhoso. Demos nosso 100% na nadada, tenho certeza. Agora é juntar a nossa de amanhã e esperar pela vaga na final", declarou Duda ao final da apresentação.

As avaliações das apresentações são divididas em execução, impressão artística e dificuldade, com cinco juízes para cada quesito. A melhor e a pior nota de cada item são descartadas e as restantes somadas.

Na manhã desta segunda (15), a dupla brasileira volta à piscina do Complexo Aquático para a disputa da rotina técnica. A apresentação terá como tema a capoeira, e as meninas mostram confiança.

"Esperamos surpreender toda a torcida e arbitragem, não tem muito improviso pois temos o nosso ensaio, mas esperamos agradar a todo mundo", finalizou Duda.

O nado sincronizado é dominado pela Rússia. O país é atualmente tetracampeão olímpico tanto no dueto quanto na disputa por equipes. Neste domingo, foram delas as notas mais altas, com 98.0667. A China ficou em segundo, seguida do Japão.

As disputas em equipe começam apenas na próxima quinta-feira. O grupo do Brasil é formado por oito integrantes, Lara Teixeira, Pamela Nogueira, Bia Feres, Branca Feres, Maria Bruno, Lorena Molinos, Luisa Borges e Duda Miccuci.