Miranda celebra bom início de Tite no comando da seleção: "Trouxe mais motivação"

Autor do primeiro gol, zagueiro celebra início do treinador

Miranda celebra bom início de Tite no comando da seleção: "Trouxe mais motivação"
(Foto: Reuters)

O Brasil ganhou por 2 a 1 a seleção na Colômbia na noite desta terça-feira em partida válida pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, a ser realizada na Rússia. Autor do primeiro gol do Brasil, o zagueiro Miranda falou sobre o bom início de Tite à frente da seleção, celebrando o treinador com duas vitórias em dois jogos. 

"Foi um gol especial e importante. Ainda mais que amanhã é meu aniversário, queria essa vitória de presente e foi o que aconteceu. A equipe está de parabéns e, agora, vamos seguir firme e forte. O Tite trouxe mais motivação, é um início de trabalho, mas acho que toda a comissão técnica e os jogadores estão de parabéns. Agora, seguimos fortes, mas com cabeça no lugar. Antes, quando havia muita crítica, não éramos os piores. E nem agora, com duas vitórias, somos os melhores. Temos que trabalhar e seguir buscando as vitórias", declarou o zagueiro.

Entrando bem no segundo tempo nos dois jogos sob o comando de Tite, Philipe Coutinho negou admitir que seja uma peça que muda o jogo brasileiro. Segundo o meia, o time faz durante toda a partida o que o comandante pede: pressionar sempre. 

"Hoje foi um jogo muito importante, o time fez mais uma vez o que treinador pediu: organizado dentro de campo, com todo mundo sem a bola se dedicando para recuperar rápido. É isso o que ele pede: pressão. A equipe vinha desde o primeiro tempo dominando o jogo, a gente merecia até ter vencido com mais gols de diferença, mas eles conseguiram achar um gol e isso dificultou um pouco. Mas, todo mundo é importante na seleção e foi mais um bom jogo", afirmou o meia do Liverpool. 

Com a vitória, o Brasil chegou à vice-liderança com 15 pontos conquistados, atrás apenas do Uruguai, com 16 pontos ganhos.  Na próxima rodada, a seleção brasileira enfrenta Bolívia e Venezuela, em outubro.