Game of Thrones - 7x02: Stormborn

O segundo episódio da nova temporada de Game of Thrones trouxe muitas memórias e pontos importantes que definem o rumo da série

Game of Thrones - 7x02: Stormborn
Reprodução/HBO

O 2º episódio da nova temporada de Game of Thrones começa com a definição da estratégia da Daenerys ao atacar Porto Real. Nessas cenas iniciais podemos perceber que cada vez mais a Daeny está obtendo mais aliados, tendo os Greyjoy, os Martell e os Tyrel.

O arco da Daeny nesse episódio nos mostrou também uma faceta de impaciência e euforia a respeito da conquista de Porto Real. Por outro lado, Daenerys mais uma vez estabeleceu e se impôs como Rainha aos seus aliados. Um personagem muito importante nesse arco é o Tyrion. Como mão da Rainha, ele tem um papel muito preciso. Além de ser um observador e “bom julgador de caráter” como ele mesmo se definiu, o Tyrion consegue enxergar aspectos estratégicos de forma diferente da Daenerys, que de certa forma, por sua determinação em conquistar Porto Real possa ter julgamentos imprecisos a respeito da situação.

Uma cena porém em que devemos ficar atentos é o conselho da Ollena Tyrel a respeito das “mãos dos reis”. Espero que a Daeny não a ouça!

Um ponto no episódio que me deixou muito animada foi finalmente o primeiro contato da Daenerys com o Jon Snow. Esse ponto de “interseção” na história me deixou um gostinho de quero mais!

Na outra ponta de Westeros, o Jon recebendo o corvo do Sam e do Tyrion estabeleceu o caminho dele nessa temporada. Fiquei receosa dele não aceitar ir pra Pedra de Dragão, achando que era uma armadilha, mas é a “única” solução sobre a luta contra os White Walkers. Além de, de quebra, ser mais um aliado pra Daenerys. Pausa para o que momento mais fofo dele deixando o comando de Winterfell com a Sansa, finalmente demonstrou confiança nela.

Na Cidadela, tem me deixado muito feliz/animada essas aparições constantes do Sam. A Cidadela está sendo um arco muito presente nessa temporada, visto que o Sam não é um personagem principal. Entretanto, o Sam sempre teve um papel crucial no decorrer da história. E tem se mostrado muito importante por justamente estar na Cidadela com acesso a muito conhecimento sobre o Mundo Conhecido. E apesar de ter sido super nojento, pelo menos ele tentou ajudar o Jorah contra a Escamagris.

Sobre a Arya. Precisamos falar sobre a Arya. Eu amei muito ela ter mudado de ideia sobre ir para Porto Real. Eu tinha um pouco de receio dela em Porto Real sozinha. Ela ir pra Winterfell me deixou muito animada e feliz por ela finalmente conseguir se sentir acalentada de alguma forma, que há muito tempo ela não se sente.

Uma das cenas que todo mundo comentou foi a aparição da Nymeria, a loba da Arya. Muita gente não entendeu o motivo da Nymeria não ter voltado com a Arya. Realmente, é muito heartbreaker, mas a Arya ter afirmado que aquela não era a Nymeria- "That's not you.", é um paralelo de como elas mudaram e como elas enfrentaram batalhas que mudaram quem elas são. Também pode ser interpretado como a Nymeria sendo tão livre quanto a Arya.  Bem tocante.

A pior parte do episódio foi da batalha no final. Me irritou muito como foi desenvolvida aquela cena. Sabemos que o Euron Greyjoy é poderoso e tem muitos navios. Mas pra mim, a Yara tinha tantas chances quanto. A forma em que o Euron chega e simplesmente saqueia os navios da Yara, foi muito rápido e fácil. O que nos faz questionar sobre as alianças da Daenerys ainda não serem o suficiente para atacar Porto Real. E também deixou muito aberto o que vai acontecer com o Theon.

Sobre as memórias, no episódio inteiro houve referências sobre coisas que aconteceram no decorrer da história. Como a menção do Viserys pela Daeny, menção da Shireen Baratheon, dos Starks, do Casamento Vermelho e por aí vai. De certa forma demonstrou que todos seguem um propósito por aqueles que já se foram também.

O preview do próximo episódio mostrou a cena que esse episódio introduziu: Daenerys e Jon Snow. Preparados para o encontro do gelo com o fogo?

Confira o trailer do próximo episódio da 7ª temporada de Game of Thrones:

Cinema